Home - Convergência Digital

Nova Zelândia engrossa lista e bane equipamentos da Huawei

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital* - 28/11/2018

A agência de inteligência da Nova Zelândia rejeitou o primeiro pedido da indústria de telecomunicações do país para usar equipamentos 5G fornecidos pela chinesa Huawei Tecnologies, citando preocupações sobre segurança nacional.

A fornecedora de serviços em telecomunicação Spark New Zealand, que fez o pedido, disse nesta quarta-feira que irá avaliar o argumento antes de considerar novos passos.

A decisão ocorre na sequencia de relatos de que os Estados Unidos estão pressionando outros países a, assim como ele, banirem equipamentos chineses. Documento do governo americano reclama da liderança chinesa no desenvolvimento do 5G.

A Austrália barrou a Huawei de fornecer equipamento 5G, também citando riscos à segurança. Na semana passada, o Wall Street Journal reportou que o governo dos EUA estava tentando persuadir companhias de países aliados a evitar a Huawei.

O ministro de Serviços de Inteligência, Andrew Little, disse à Reuters que a Spark - cujo pedido foi parte da primeira aplicação 5G do país - trabalhará com a agência para mitigar riscos. Ele não quis especificar as preocupações, citando informações confidenciais.

A Huawei disse em nota que irá “ativamente responder a quaisquer preocupações e trabalhar junto para achar um caminho adiante”, acrescentando que assinou mais de 20 contratos 5G com provedoras ao redor do mundo.

* Com informações da Reuters

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

07/03/2019
Celulares dobráveis dão respiro esperado à indústria de smartphones

07/03/2019
Huawei contra-ataca e processa governo dos Estados Unidos por banimento

22/02/2019
Impulsionada por 5G e IoT, economia digital vai gerar US$ 23 trilhões até 2025

18/02/2019
Agência de espionagem do Reino Unido diz que contorna riscos de backdoor da Huawei

13/02/2019
Huawei reage e sugere abertura de códigos-fonte para todos os fabricantes 5G

11/02/2019
EUA vai banir Huawei e sugere cortar parcerias com quem não imitar

28/12/2018
Huawei, apesar da pressão dos EUA, fechou 26 contratos de 5G

05/12/2018
Britânica BT vai excluir equipamentos Huawei da sua rede

28/11/2018
Nova Zelândia engrossa lista e bane equipamentos da Huawei

23/11/2018
EUA pressionam aliados a banirem chinesa Huawei

Destaques
Destaques

Para Ericsson, 5G vai fazer acontecer, de verdade, a indústria 4.0

Presidente da fabricante para a América do Sul, Eduardo Ricotta, diz que uma operadora com 50 Mhz a 80 Mhz terá espectro para oferecer bons serviços, especialmente, o da banda larga fixa móvel. "Há cidades no Brasil, com menos de 100 mil habitantes, com conexões de 2 Mbits. O 5G vai chegar oferecendo bem mais", observa.

5G vai gerar 15 milhões de novos empregos até 2025

O ecossistema 5G está em ebulição e demandará muita mão de obra, afirma o diretor da Huawei, Carlos Roseiro. Segundo ele, vão surgir aplicações, muitas ainda inimagináveis, nos próximos seis anos. "O 5G começa hoje. A frequência virá para dar mais capacidade", observa o especialista.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Desvende 10 mitos sobre os cartões biométricos

Por Cassio Batoni*

Como toda nova tecnologia, os questionamentos sobre a sua segurança e e a sua confiabilidade ainda existem e são compreensíveis, mas ela veio para ficar. A impressão digital surge como a confirmação principal de que o usuário é quem diz ser.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site