GESTÃO

Serpro antecipa relatório e projeta lucro de R$ 191 milhões

Luís Osvaldo Grossmann ... 29/11/2018 ... Convergência Digital

Com o perfil voltado às privatizações do novo governo Jair Bolsonaro, o Serpro divulgou um balanço da administração em que se posiciona entre as estatais lucrativas. Segundo o documento, que antecipa em mais de um mês as demonstrações contábeis, o Serpro terá lucro de R$ 191 milhões em 2018 – o segundo consecutivo e 54% acima dos R$ 123 milhões de 2017.

O documento, expressamente feito para destacar a atuação da gestão atual, aponta que em maio de 2016 a empresa acumulava prejuízos de R$ 310 milhões e que até aqui houve total reversão do cenário. “O ano de 2018 marca a conclusão de um ciclo de transformação no Serpro (...). Este balanço pretende contar essa trajetória, que começa quando assumi a presidência do Serpro, em maio de 2016”, festeja a presidente da estatal, Glória Guimarães.

O lucro projetado indica que o faturamento bruto será de R$ 3,13 bilhões, frente aos R$ 2,93 bilhões de 2017. E destaca os ganhos da estatal com a venda de serviços para além do previsto no Orçamento da União. “As linhas de Informação e de Nuvem, que representavam juntas 6,3% do faturamento da empresa em 2016, subiram para 8,1%, em 2017, e tem previsão de fechar 2018 representando 9,3%”, aponta o documento.

O resultado deixa o Serpro ‘empatado’ ao longo da década encerrada em 2018. A empresa registrou lucros em 2009, 2012, 2013 e 2017, além do agora projetado. E igualmente em outros cinco exercícios houve prejuízo: 2010, 2011, 2014, 2015 e 2016, este último já sob a atual administração e no valor de R$ 162,3 milhões. Em 2015, o buraco fora de R$ 335 milhões.

Os números do relatório da administração deste 2018 tomam por base o desempenho acumulado até setembro, quando a receita líquida dos nove primeiros meses do ano batia em R$ 1,8 bilhão e o lucro em R$ 232 milhões. O documento não menciona qual o impacto do contrato de R$ 336,7 milhões, firmado com o Ministério do Planejamento em outubro, para serviços até 2020.


eSocial: Receita faz advertência às empresas do grupo fora do Simples

Fisco adverte aos empregadores do grupo 2, aqueles com faturamento entre R4 4,8 milhões e R$ 78 milhões, sem serem optantes do Simples, para o cumprimento da quata fase: a substituição da GFIP para recolhimento de Contribuições Previdenciárias referente a competência de abril/2019

General assume diretoria de operações do Serpro

Antonino dos Santos Guerra, veterano no comando de áreas relacionadas às tecnologias de informação e comunicações. Ele substitui Iran Martins Porto Junior, que vai para a diretoria de desenvolvimento.

eSocial: Autônomos e trabalhadores rurais devem se cadastrar no site da Receita

A medida faz parte do cronograma de ampliação do eSocial, ferramenta que unifica as prestações de informações dos empregadores em um único ambiente.

E-mail perde vez para as OTTs no consumo da Internet no Brasil

O enviar e receber e-mail foi o único serviço a apresentar recuo de 2016 para 2017 quando se fala de consumo de Internet no Brasil, conforme informações divulgadas da PNAD Contínua TIC 2017, do IBGE. Os aplicativos OTTs conquistaram os assinantes e são usados por 95,5% dos brasileiros.




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G