Convergência Digital - Home

Amazon prepara rede privada de LTE na nuvem na faixa de 3,5 GHz

Convergência Digital
Convergência Digital - 29/11/2018

A Amazon anunciou que prepara, em parceria, uma oferta de rede privada LTE em 3,5 GHz baseada em nuvem, em um movimento que indica a busca de posicionamento no nascente mercado com essa frequência e voltado a aplicações de internet das coisas.

Desenvolvido em colaboração com Athonet, Federated Wireless e Ruckus Networks, o serviço se vale da faixa compartilhada de 3,5 GHz nos Estados Unidos e é destinado a aplicações industriais de IoT em vigilância em tempo real, medidores inteligentes e monitoramento de segurança.

A solução usa o controle de espectro da Federated Wireless, pontos de acesso indoor da Ruckus e core de rede móvel da Athonet, além da plataforma de nuvem para internet das coisas da própria Amazon.

“Essa parceria representa um saldo em redes privadas móveis ao combinar a plataforma líder de nuvem com novas soluções de conectividade sem fio para permitir que todos os desenvolvedores criem o próximo serviço transformador”, disse a Federated Wireless em blog.

O interesse na faixa de 3,5 GHz nos Estados Unidos cresce na antecipação das esperadas ofertas comerciais nessa fatia do espectro, a começar pelas grandes empresas do mercado americano como AT&T, Verizon, Comcast, Charter e Altice, todas já em fase de testes.


LEIA TAMBÉM:
Destaques
Destaques

Mais que frequência, 5G exige muita fibra e muita nuvem

Operadoras terão, com infraestrutura, capacidade de ter serviços tão rápidos quanto os ofertados pela TI, preconizou o diretor-executivo de Business Network Consulting da Huawei América Latina,  Guillermo Solomon.

CNJ alega risco à segurança nacional e suspende contrato do TJ/SP com a Microsoft

Para o conselheiro Márcio Schiefler Fontes, o TJ/SP entregou à Microsoft o controle total sobre a tramitação processual do maior tribunal do país.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Intuição versus análise de dados na gestão

Por Douglas Scheibler*

O poder decisório significa alta responsabilidade e inúmeros riscos. Neste cenário caótico, analisar dados é indispensável e é o que justifica uma determinada medida ser considerada como correta, em um cenário específico, em detrimento de outras.

Data Centers: agora é hora de ver acontecer

Por Gilberto Gonzaga*

O que recentemente era apenas uma tendência já pode ser observado na prática. A expectativa, agora, é que esses movimentos se consolidem cada vez mais e nos levem a uma nova era de conectividade, da qual a América Latina não ficará de fora.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site