GOVERNO » Compras Governamentais

Embratel vence pregão e será fornecedora de nuvem para governo federal

Luís Osvaldo Grossmann ... 30/11/2018 ... Convergência Digital

O Ministério do Planejamento confirmou nesta sexta, 30/11, que a Primesys, subsidiária da Embratel, foi a vencedora do pregão para fornecer serviços de nuvem pública para o governo federal. No pregão, realizado em 8/11, a empresa apresentou o menor lance, que com a negociação posterior ficou em R$ 29,9 milhões, frente ao preço estimado no edital de R$ 71,4 milhões.

Nesta sexta, uma semana após a prova de conceito exigida no processo, a pregoeira responsável anunciou que a habilitação da Primesys/Embratel está de acordo com o edital e declarou a empresa como vencedora. Também como de praxe nos pregões eletrônicos, agora vem a fase de recursos das empresas que perderam a disputa – ao todo, 12 fornecedores participaram da licitação. Globalweb, em segundo lugar com lance de R$ 32 milhões, e a BRCloud avisaram que vão recorrer.

O objetivo expresso do pregão é contratar um integrador, ou broker, para a prestação de serviços de computação em nuvem sob demanda, incluindo desenvolvimento, manutenção e gestão da oferta continuada de recursos de infraestrutura como serviço (IaaS) e plataforma como serviço (PaaS). O valor se refere à contratação inicial por 30 meses, mas com a possibilidade de esticar o contrato até 60 meses.

O valor envolve serviços inicialmente para os 12 órgãos públicos que já aderiram ao edital, a começar pelo Ministério do Planejamento, que será o gestor do contrato, e também para Cade, Anvisa, Ministério da Fazenda, CGU, Instituto Federal de Educação do Piauí, Iphan, Esaf, ICM-Bio, Enap, Polícia Rodoviária Federal e a Agência Brasileira Gestora da Fundos Garantidores e Garantias. Mas é possível a adesão de outros órgãos à ata de registro de preços.

O plano da Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação do Ministério do Planejamento é a migrar a oferta de serviços públicos para a nuvem, parte da estratégia de digitalizar ao máximo, inclusive com aplicativos pelo celular. Segundo a Setic, cerca de 40% de 1,7 mil serviços mapeados já foram de alguma forma digitalizados.


Painel Telebrasil 2019
A 63ª edição do principal encontro institucional de lideranças do setor de telecomunicações e TICs acontecerá entre os dias 21 e 23 de maio de 2019, em Brasília. Saiba mais em paineltelebrasil.org.br
Veja o vídeo

Bolsonaro decide manter Comunicações no MCTIC

Em entrevista coletiva, o presidente eleito, Jair Bolsonaro, confirmou que não vai mexer na atual estrutura. O comando do MCTIC será do astronauta Marcos Pontes.

Cansado de esperar Ucrânia, Brasil extingue Alcântara Cyclone Space por MP

Tratado já tinha sido denunciado pelo Brasil em 2015, diante do fracasso da parceria. Desde então, tenta fazer uma reunião para dissolver a empresa binacional, sem sucesso.

Reforma Trabalhista reduziu número de processos trabalhistas em 17,4%

Segundo balanço de um ano da aprovação das mudanças na CLT, processos que chegaram a varas do trabalho caíram de 2 milhões para 1,6 milhão.

Bolsonaro confirma Marcos Pontes na Ciência e Tecnologia

Embora ainda não tenha definido a estrutura do MCTIC - há rumores que Comunicações irá para o ministério da Economia, presidente eleito define o nome do astronauta. Kassab, apesar de ter apoiado o novo presidente, deixa a pasta.

CGU usa aprendizado de Inteligência Artificial para fiscalizar repasses da União

Ferramenta reconhece padrões em convênios ou contratos para prever o resultado da análise de contas. objetivo é reduzir prazos e custos.Atualmente a prestação de contas supera 2,2 anos para obras e 2,8 anos para bens e serviços.



  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G