Home - Convergência Digital

No Brasil, 54 de cada 100 celulares já são 4G

Convergência Digital - Carreira
Luís Osvaldo Grossmann - 04/12/2018

Enquanto no cenário geral o total de acessos móveis segue em queda, com a desativação de 3,1 milhões de chips entre janeiro e outubro de 2018, o 4G voa na contramão e cresceu 23% no mesmo período, agregando mais 23,5 milhões de chips, para um total de 125,7 milhões de acessos em serviço – ou 53,9% dos 233,3 milhões de todo o país.

Mais forte que isso, só mesmo a evolução do que pode ser considerada como uma primitiva internet das coisas, ou o que por enquanto a Anatel chama de M2M Especial, para distingui-la das maquininhas de cartões (M2M Padrão), cujos acessos saltaram de 6,2 milhões para 8 milhões em uso, um crescimento de quase 29% nos dez meses terminados em outubro.

O ajuste do mercado é visível pela mudança de perfil dos acessos móveis. Enquanto o 4G galopa com mais de 2 milhões de novos chips ativados a cada mês, despencam os acessos por 2G e 3G, que juntos perderam mais de 29 milhões de chips ao longo deste ano.

Paralelamente, os chamados planos controle vão fazendo o mercado pré-pago encolher. Ao fim de outubro, os pré-pagos somavam 136 milhões de chips, contra os 148 milhões do início do ano. No caminho inverso, os pós-pagos ganharam mais 9 milhões de acessos, chegando a 97 milhões, ou 41,5% do total.

Entre as principais operadoras, as quatro grandes acumulam perdas na base total que, embora em montantes distintos, em praticamente nada afetaram suas posições de mercado. Telefônica (31%), Claro (25%), Tim (24%) e Oi (16%) mantiveram a mesma fatia que detinham quando o ano começou.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

17/04/2019
Teles fazem cadastramento para atualizar dados de clientes do celular pré-pago

09/04/2019
Usuários esticam uso dos smartphones e mercado recua 0,5% puxado pelos top de linha

18/02/2019
Publicidade no celular vai girar R$ 240 bilhões em 2020

13/02/2019
Teles trocam toda a base de pré-pagos a cada dois anos

08/02/2019
Em quatro anos, telefonia celular no Brasil perdeu um em cada cinco chips

30/01/2019
Programadores reforçam algoritmo nacional criado para ajudar vítimas de Brumadinho

28/01/2019
Quase 200 programadores criam algoritmo para localizar vítimas de Brumadinho

28/01/2019
Teles unem equipes e montam esquema de emergência para atender Brumadinho

09/01/2019
Cobertura é prioridade 1 na escolha da operadora móvel

14/12/2018
Clonagem de celular preocupa Anatel e operadoras

Destaques
Destaques

Ecossistema de IoT movimentará R$ 38 bilhões

Projeção do mercado é que o segmento vai crescer acima de 20% ano contra ano até 2022. Dispositivos, em especial os smartphones, impulsionam o crescimento dos investimentos em TI ao longo de 2019.

Para Ericsson, 5G vai fazer acontecer, de verdade, a indústria 4.0

Presidente da fabricante para a América do Sul, Eduardo Ricotta, diz que uma operadora com 50 Mhz a 80 Mhz terá espectro para oferecer bons serviços, especialmente, o da banda larga fixa móvel. "Há cidades no Brasil, com menos de 100 mil habitantes, com conexões de 2 Mbits. O 5G vai chegar oferecendo bem mais", observa.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Smartphones colocam Inteligência Artificial na palma da mão

Por Samir Vani*

Tecnologias como reconhecimento facial, identificação de objetos e realidade aumentada já estão disponíveis na palma das nossas mãos, mas boa parte das pessoas não sabe ainda.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site