INCLUSÃO DIGITAL

Com exigências do TCU, Telebras vai aos EUA renegociar com Viasat

Luís Osvaldo Grossmann ... 05/12/2018 ... Convergência Digital

Representantes da Telebras estão nesta semana nos Estados Unidos para renegociar com a direção da Viasat as condições do contrato entre as duas empresas para uso do satélite nacional. O objetivo é alcançar maior equilíbrio entre os ganhos de cada parte no acordo.

Assim, o gerente de tecnologia e soluções satelitais Bruno Henriques e Marcelo Baumann, da gerência jurídica, foram enviados pela estatal para “participar da renegociação do contrato associativo de parceria estratégica”, conforme indicado pela Telebras.

Essa tratativa foi uma das exigências do Tribunal de Contas da União ao liberar o acordo, firmado sem licitação e com base na Lei das Estatais (13.303/16), que teve endosso do órgão de controle no entendimento de que as empresas públicas ganham maior flexibilidade negocial com essa legislação.

Ainda assim, o TCU apontou desequilíbrio no contrato entre as duas empresas uma vez que até 2022 os ganhos projetados para a Viasat chegam a R$ 310,8 milhões, enquanto para a Telebras o resultado fica abaixo, em R$ 202,9 milhões no mesmo período.

A Corte de Contas sugere que seja revisto o valor mensal pago pela estatal por antenas VSats instaladas pela parceira americana, dos R$ 160 previstos para algo mais próximo a R$ 107. Também indica um repasse maior `a Telebras das receitas com as vendas privadas pela Viasat, hoje entre 19,5% e 21%. À epoca da decisão, a provedora norte-americana alertou que a mudança na questão financeira poderia inviabilizar o acerto entre as partes.


America Net: Programa WiFi Livre SP une risco e oportunidade de negócios

Operadora investirá R$ 20 milhões na iniciativa e aposta que o retorno virá com a exposição da marca junto aos assinantes, revela o vice-presidente, José Luiz Pelosini. America Net vai ter 619 pontos de acesso WiFi gratuito público na capital paulista.

Um terço das casas no Brasil usam antenas parabólicas

Segundo o IBGE, são 23 milhões de domicílios, bem espalhados pelo país. Isso revela o problema que a Anatel terá para mitigar as interferências e liberar a faixa de 3,5GHz para o 5G.

Internet chega a 3 de cada 4 domicílios no Brasil

Nas mãos de 84% dos brasileiros, o celular é o típico aparelho para uso da rede. Mas as conexões fixas já alcançam 73% dos lares do país, conforme dados da PNAD Contínua TIC 2017, do IBGE. Mas quase 30% da população ainda acha que o acesso à Internet é caro.

Viasat: TCU controla viabilidade de acordo com Telebras

Segundo a vice presidente da empresa, Lisa Scapone, a demanda existe e pode ser medida pelo Gesac, mas operação comercial no Brasil depende dos ajustes no contrato para uso do satélite nacional.

Anatel indica que banda larga móvel pode ficar com sobras da TV Digital

“Edital tinha dois objetivos: a transição do sistema de TV digital e o desenvolvimento da banda larga móvel no país”, afirma presidente da agência, Leonardo de Morais. Saldo chega a R$ 877 milhões.

PC fica cada vez mais distante da população mais pobre no Brasil

Dados do IBGE revelam que os mais pobres do País trocaram os PCs pelos celulares e tablets. A proporção da população com acesso à internet no domicílio passou de 67,9% em 2016 para 74,8% em 2017.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G