Home - Convergência Digital

IBM lidera força-tarefa para capacitar jovens do ensino médio em TICs no Brasil

Convergência Digital - Carreira
Ana Paula Lobo - 05/12/2018

A transformação digital são as pessoas e os jovens precisam ser atraídos para as TICs e suas novas tecnologias como Inteligência Artificial, Blockchain e outras. Nesta quarta-feira, 05/12,  a IBM anunciou o lançamento do P-TECH, programa educacional patrocinado pela companhia, no Brasil. A proposta é formar estudantes no ensino médio, técnico e superior tecnológico em cinco anos.

A primeira parceria foi firmada com o Centro Paulo Souza, do Governo de São Paulo e serão duas turmas com 80 alunos: uma na zona leste da capital paulista e outra em Americana, próxima ao centro da IBM, em Hortolândia, no interior do Estado. As aulas começam em fevereiro de 2019. Os alunos vão se inscrever no curso Análise e Desenvolvimento de Sistemas'. O grande objetivo: levar a tecnologia para o mundo real desses jovens.

"Sou formado em técnico no nível técnico. Aprendi programar desde muito cedo e sinto falta dessa especialização no Brasil. O programa P-Tech quer consolidar o técnico. Um excelente profissional dessa nova jornada digital não precisa ter curso superior. É bom ter? Claro que é. Mas se ele tiver uma formação técnica especializada, esse profissional já pode fazer a diferença. O P-Tech no Brasil tem um olhar forte para o ensino médio. Temos que preencher vagas em novas tecnologias", afirmou o presidente da IBM Brasil, Tonny Martins, em encontro com a imprensa na capital paulista.

O programa está desembarcando na América Latina - além de Brasil, a Colômbia também está contemplada na política- e foi criado em 2011, em Nova York, também para fomentar o ecossistema direcionado à jornada digital. "Vamos bancar e sustentar duas turmas. Mas mais do que isso: estamos chamando nosso ecossistema para também patrocinar esse tipo de ação. A ideia é criar uma força-tarefa para acelerar o conhecimento no Brasil. Quanto mais gente participar, melhor será. A ideia é deixar São Paulo. É ampliar para outras unidades. Nós estamos jogando a semente. Que outros possam aderir", acrescenta o executivo.



Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

16/09/2019
Graduação em Ciências de Dados terá 2610 horas

11/09/2019
Automação e IA exigem que Brasil reeduque sete milhões em três anos

09/09/2019
Centro de Inovação abre 100 vagas com jornada flexível e home office

09/09/2019
Governo prioriza banco de talentos para servidores federais

05/09/2019
Embraer abre 150 vagas para estágio e usa Inteligência Artificial

04/09/2019
Existem mais de 2 mil vagas abertas para DevOps no Brasil

02/09/2019
Governo esvazia Ciência e Tecnologia e corta bolsas de mestrado, doutorado e pós-doutorado

27/08/2019
Menos de 20% das empresas migraram cargas de trabalho para a nuvem na América Latina

14/08/2019
A urgência de cultivar talentos para TIC no Brasil e no mundo

13/08/2019
RH da OLX define planos de cargos e salários como ultrapassados

Veja mais artigos
Veja mais artigos

A urgência de cultivar talentos para TIC no Brasil e no mundo

Por Breno Santos*

A transformação digital ainda é um desafio para muitas empresas no Brasil e a aplicação estratégica das novas soluções deve acontecer por meio de equipamentos e mão de obra qualificada.

Destaques
Destaques

TICs vão demandar 700 mil novos profissionais na Indústria em cinco anos

Dados são do Mapa do Trabalho Industrial, feito pelo SENAI, que indicam ainda a urgência na qualificação de 10,5 milhões de trabalhadores em ocupações industriais por conta da indústria 4.0. Um dos especialistas em alta é o condutor de processos robotizados, com um incremento de 22% no número de vagas.

Dizer não é saudável para o ambiente de trabalho

A posição é defendida pelo diretor geral da Robert Half, Fernando Mantovani. Segundo ele, acumular tarefas e colocar prazos em conflito é um risco alto.

Técnicos são os que mais procuram especialização em Big Data

Cursos voltados para desenvolvimento Full Stack e Segurança Cibernética também são bastante demandados. No caso do big data, dos alunos formados nesta área, 45% possuem mais de 10 anos de experiência (sênior); 36% até nove anos (pleno) e 19% até três anos (recém-formados).

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site