NEGÓCIOS

Para IBM, Brasil precisa avançar muito mais na transformação digital

Ana Paula Lobo ... 05/12/2018 ... Convergência Digital

Há gaps em todas as verticais quando se fala em adequação à jornada digital, admite o presidente da IBM Brasil, Tonny Martins. Segundo ele, apesar dos avanços, ainda há muito por fazer para definir que uma companhia é, de fato, digital. "O risco da fragmentação, por conta das diversas iniciativas é real. O nosso recado é: Não permitam a criação do legado digital. As iniciativas têm de ser organizadas e comandadas pelo CEO", reforçou o executivo, em encontro com a Imprensa, nesta quarta-feira, 05/12, em São Paulo.

Desde que a IBM investiu em Inteligência Artificial, com o Watson, a companhia tem um mantra: IA não pode ser reduzida aos chatbots ou avatares. Inteligência Artificial vai muito além e significa transformar o negócio. O cliente passa a ser o grande alvo a ser conquistado. "Estamos com projetos, como o da Volkswagen, que quer o carro cognitivo para ficar mais próximo do cliente que usa o seu produto. Até então, a Volks não tinha contato nenhum com esse usuário", enumera o VP de Estratégia Digital, Ricardo Barbosa. A companhia também passa pelo processo de licitação da TIM, a primeira operadora brasileira a adotar de uma maneira integrada, uma plataforma de IA. O resultado da concorrência deve ser conhecido até o final deste ano.

Indagado como a IBM, uma empresa tradicional, se prepara para não ser 'engolida' pelas novas companhias da era digital, Tonny Martins diz que a transformação precisa acontecer na carne. "Nós mudamos todo o nosso processo. A jornada digital nos fez investir muito em capacitação dos nossos funcionários e do nosso board. Transformação digital não é digitalizar ferramentas. Não é ter um app. É muito mais. É uma guinada no modelo de negócios. Nós fizemos isso", afirmou o executivo.

Tonny Martins evitou dar números, mas afirmou que 2018 foi um ano bom para a IBM Brasil. "Continuamos com o nosso ritmo de crescimento", sustentou. 2019 chega com boas perspectivas. "Não dá mais para evitar investimentos em TICs. O governo terá de investir mais. As empresas já estão entendendo que tecnologia não é custo, mas investimento".

Como meta de negócios, a IBM quer aproveitar o novo ano para usar o ecossistema para se aproximar ainda mais das pequenas e médias empresas nacionais. "Precisamos ficar mais próximas e as novas tecnologias democratizaram o acesso. Hoje todo mundo tem acesso à tecnologia. A explosão dos dados é uma realidade e haverá a necessidade de infraestrutura de TI", completou o executivo.


Cloud Computing
FGV do Rio abre inscrição para vestibular para Ciência de Dados

Estão abertas 40 vagas para a primeira turma de Ciência de Dados – 32 vagas por meio do vestibular FGV e 8 vagas pelo ENEM. O curso é presencial e tem 2.610 horas (quatro anos de duração). Aulas começam no primeiro semestre de 2020.

Clientes acusam NegocieCoins, do Banco Bitcoin, de sumir com dinheiro das contas

Apesar de ter 200 ações correndo na Justiça, na sexta-feira, 09/08, a corretora seguia vendendo bitcoins operando um volume de R$ 3,2 milhões. Companhia diz ter sido alvo de uma tentativa de fraude, em processo de investigação pela Polícia Civil.

Com Brasil à frente, investimentos em busca de “unicórnios” são recorde na América Latina

Os investimentos de venture capital quadruplicaram, para US$ 2 bilhões, nos últimos dois anos. Valor já superado em sete meses de 2019.

Justiça não pode relativizar registro concedido pelo INPI

A 2ª Câmara de Direito Empresarial do Tribunal de Justiça de São Paulo entendeu que empresa de alimentos não poderia usar nome ‘Natura’, como reclamou a empresa de cosméticos. 

Passa a valer obrigação de reportar à Receita a compra e venda de criptomoedas

O Fisco relata que o mercado de moedas digitais no Brasil possui mais investidores que a Bolsa de Valores de São Paulo (B3), que têm cerca de 800 mil pessoas cadastradas. Além disso, esse mercado movimentou, apenas em 2018, mais de R$ 8 bilhões no país.


3º Seminário Brasscom de Políticas Públicas & Negócios 2018 - Cobertura Especial Convergência Digital
Brasscom lança manifesto para construir um Brasil Digital e Conectado

Entidade quer a colaboração da sociedade e de entidades de TI ou não para entregar um documento aos presidenciáveis. "Tecnologia precisa ser prioridade nacional", diz o presidente-executivo da Brasscom, Sergio Paulo Gallindo.


Veja a cobertura da 3º Seminário Brasscom de Políticas Públicas & Negócios 2018

  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G