INCLUSÃO DIGITAL

Anatel indica que banda larga móvel pode ficar com sobras da TV Digital

Luís Osvaldo Grossmann ... 11/12/2018 ... Convergência Digital

Na disputa pelos R$ 877 milhões estimados como sobras do edital de 700 MHz para o sistema brasileiro de TV digital, o presidente da Anatel, Leonardo de Morais, indica que há espaço para que as operadoras apresentem projetos relacionados à banda larga móvel, por entender que esse era um dos objetivos da própria licitação.

“Existe uma inquietude grande com relação às sobras, que segundo previsões da EAD poderiam estar relacionadas a R$ 877 milhões. E quaisquer projetos relacionados às sobras têm que ter uma relação direta com o que foi estabelecido no edital. E ele tinha dois objetivos, a transição e consolidação do sistema brasileiro de TV digital, e o desenvolvimento da banda larga móvel no país. Quaisquer projetos de sobras têm que estar relacionados a esses dois objetivos”, afirmou Morais depois de participar, nesta terça, 11/12, de seminário promovido pelo portal Telesíntese.

Ele lembrou que “a radiodifusão foi mais célere no sentido de apresentar proposta”. De fato, as emissoras de televisão sugerem usar cerca de R$ 600 milhões do saldo estimado para distribuir conversores para famílias de baixa renda e transmissores digitais para prefeituras de forma a garantir cobertura e recepção em alguma parcela dos 4 mil municípios que não foram cobertos pelo trabalho de migração até aqui patrocinado com recursos do leilão da faixa de 700 MHz. No começo de 2019 conclui-se a transição digital de 1,3 mil das maiores cidades, onde houve a ‘limpeza’ da faixa para uso pelo 4G.

“O setor de telecomunicações reivindicou também o direito de apresentar projetos, o que é legítimo. Eles estão trabalhando e devem apresentar até o início de fevereiro”, pontuou o presidente da Anatel. Segundo Morais, “esses projetos vão ter que considerar algum tipo de escalabilidade, porque o projeto depende do quanto. A envergadura, a escala, tem a ver com o saldo. E esse saldo, embora exista uma estimativa sobre ele, ainda não existe uma confirmação. Mas é legítimo que todas as partes apresentem projetos, o que traz ao Conselho Diretor, que decidirá em última instancia, um conjunto mais rico de opções.”

As operadoras alegam que ainda não há projetos específicos definidos, até porque eles precisam ter consenso primeiro entre elas próprias. Mas a ideia passa mesmo por cobertura móvel, notadamente 4G. E como defendeu Morais, o quantitativo – quantas cidades e pessoas seriam atendidas com essa destinação para ‘banda larga’ – passa pelo escalonamento de quanto das sobras usar. O que exige uma costura paralela com a radiodifusão.


Carreira
Blockchain Academy promove curso online para descomplicar a tecnologia

Desenvolvido em parceria com a Mosaico University, curso começa em 15 de abril e vai tratar de temas como smart contracts, protocolos de computador autoexecutáveis e sobre programas de crowdfuding pelo blockchain.

Viasat alega que TCU já atestou legalidade do contrato com Telebras

Para empresa americana, agravo contra o acordo movido pela Procuradoria Geral da República é baseado em mal entendidos.

America Net: Programa WiFi Livre SP une risco e oportunidade de negócios

Operadora investirá R$ 20 milhões na iniciativa e aposta que o retorno virá com a exposição da marca junto aos assinantes, revela o vice-presidente, José Luiz Pelosini. America Net vai ter 619 pontos de acesso WiFi gratuito público na capital paulista.

Um terço das casas no Brasil usam antenas parabólicas

Segundo o IBGE, são 23 milhões de domicílios, bem espalhados pelo país. Isso revela o problema que a Anatel terá para mitigar as interferências e liberar a faixa de 3,5GHz para o 5G.

Internet chega a 3 de cada 4 domicílios no Brasil

Nas mãos de 84% dos brasileiros, o celular é o típico aparelho para uso da rede. Mas as conexões fixas já alcançam 73% dos lares do país, conforme dados da PNAD Contínua TIC 2017, do IBGE. Mas quase 30% da população ainda acha que o acesso à Internet é caro.

Viasat: TCU controla viabilidade de acordo com Telebras

Segundo a vice presidente da empresa, Lisa Scapone, a demanda existe e pode ser medida pelo Gesac, mas operação comercial no Brasil depende dos ajustes no contrato para uso do satélite nacional.

Anatel indica que banda larga móvel pode ficar com sobras da TV Digital

“Edital tinha dois objetivos: a transição do sistema de TV digital e o desenvolvimento da banda larga móvel no país”, afirma presidente da agência, Leonardo de Morais. Saldo chega a R$ 877 milhões.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G