INOVAÇÃO

"Nem no século 25 um robô vai tirar o lugar do homem na produção da cultura"

Ana Paula Lobo e Rafael Mariano ... 12/12/2018 ... Convergência Digital

A economia da cultura é inquestionável e o Brasil, com talento reconhecido internacionalmente, não pode desprezar. "Nós somos bons nisso ( em produzir cultura). Digo sempre que somos Embrapa, Embraer e Cultura. O resto é commodity e commodity não nos levará a lugar nenhum nos próximos 200 anos", advertiu o advogado Claudio Lins de Vasconcellos, do Lins Vasconcelos Advogados.

O especialista, que participou do 32º Seminário da ABDTIC, realizado nos dias 10 e 11 de dezembro, em São Paulo, advertiu que um país sem presença no audiovisual é um país que corre risco no cenário global. Em entrevista à CDTV, do portal Convergência Digital, Lins de Vasconcellos alfineta. "Nem no século 25 será possível um robô fazer cultura. A sensibilidade será sempre dos ser humano. Digo que o Brasil precisa investir em cultura. Hoje temos Embrapa, Embraer e Cultura. O resto é commodity e commodity não vai nos levar a lugar nenhum nos próximos 200 anos".

Ainda segundo o advogado, produzir cultura é muito arriscado, mas todos os países do primeiro mundo têm estratégias elaboradas para não perder o lugar nesse segmento. "O Brasil não pode andar para trás. Não podemos perder de vista o valor que a economia da cultura pode ter para o Brasil". Assistam a entrevista com Claudio Lins de Vasconcellos.


Cloud Computing
Dados não estão protegidos pelo simples fato de estarem na nuvem

A proteção das aplicações cabe aos seus donos e não deve ser repassada para terceiros, especialmente, agora, com a adaptação à Lei Geral de Dados Pessoais, adverte o diretor da CLM, Gabriel Camargo.

TICs em Foco - TRANSFORMAÇÃO DIGITAL
Prever. Prevenir. Detectar e Responder

Essas são a exigência da remodelagem da gestão de riscos e da segurança organizacional nas corporações.

Google cria desafio e tem US$ 25 milhões para investir em Inteligência Artificial

Programa está com inscrições abertas até o dia 22 de janeiro. Soluções selecionadas serão voltadas para áreas como ciência ambiental, saúde e conservação de espécies.

Economia da cultura deve ser prioridade para o Brasil

O Brasil é muito bom em produzir cultura e não pode menosprezar o valor global de investir em cultura, advertiu o advogado Claudio Lins de Vasconcellos, do Lins Vasconcelos Advogados.

"Nem no século 25 um robô vai tirar o lugar do homem na produção da cultura"

Cultura dá dinheiro e poder ao Brasil, reforçou o advogado Claudio Lins de Vasconcellos, do Lins Vasconcelos Advogados. "Digo sempre que somos Embrapa, Embraer e Cultura. O resto é commodity e commodity não nos levará a lugar nenhum nos próximos 200 anos".

Inteligência Artificial: abrir a caixa preta dos algoritmos é necessário

Para o professor da FGV/RJ Luca Belli, a Inteligência Artificial poderia seguir preceitos éticos com base na conduta e comportamento, da mesma forma como humanos.

CNJ cria laboratório de inteligência artificial para processo eletrônico

Segundo o presidente da Comissão Permanente de Tecnologia da Informação e Infraestrutura do CNJ, Márcio Schiefler, as informações dos bancos de dados dos tribunais são valiosas. “Informação é poder”.



  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G