GOVERNO

Gilberto Kassab é alvo de operação da PF baseada em delação da J&F

Convergência Digital* ... 19/12/2018 ... Convergência Digital

A Polícia Federal anunciou nesta quarta, 19/12, o cumprimento de oito mandados de prisão autorizados pelo Supremo Tribunal Federal, um deles no apartamento do ministro de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações Gilberto Kassab.

Kassab seria o centro da operação baseada em delação do grupo de investimentos J&F sobre o pagamento de “vantagens indevidas” que teriam chegado a R$ 58 milhões entre 2010 e 2016, dos quais R$ 30 milhões teriam ficado com o próprio ministro, por meio de uma mesada de R$ 350 mil, e o restante irrigado seu partido, o PSD.

Em nota, Kassab afirmou que: “O ministro confia na Justiça brasileira, no Ministério Público e na imprensa, sabe que as pessoas que estão na vida pública estão corretamente sujeitas à especial atenção do Judiciário, reforça que está sempre à disposição para quaisquer esclarecimentos que se façam necessários, ressalta que todos os seus atos seguiram a legislação e foram pautados pelo interesse público.”

Gilberto Kassab foi eleito prefeito de São Paulo em 2008, com mandato até 2012. Em 2014 foi nomeado ministro das Cidades, ainda no governo de Dilma Rousseff. Após o afastamento de Dilma, foi nomeado ministro de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações por Michel Temer.

* Com informações da Agência Brasil


Painel Telebrasil 2019
A 63ª edição do principal encontro institucional de lideranças do setor de telecomunicações e TICs acontecerá entre os dias 21 e 23 de maio de 2019, em Brasília. Saiba mais em paineltelebrasil.org.br
Veja o vídeo

Félix Mendonça Junior (PDT-BA) é o novo presidente da CCT da Câmara

Parlamentar que dar atenção especial  para a discussão da chegada do 5G no Brasil e também nas novas tecnologias, entre elas, o reconhecimento facial.

Dataprev registra aumento de 10% no lucro e alcança R$ 151 milhões em 2018

Segundo relatório da administração, receitas cresceram 2,9%, enquanto os custos subiram 2%. Investimentos chegaram a R$ 182 milhões. Maior parte dos recursos foi gasto em segurança da Informação e nas licenças Oracle. Governo deve quase R$ 400 mil reais à estatal.

Ex-VP de TI da Vivo assume comando da Dataprev

Christiane Edington, que ficou oito anos à frente da área de tecnologia da operadora, tomou posse na quinta, 28/2, durante reunião do conselho de administração da estatal.

Telebras vai agir para ser lucrativa e não ser vendida no Governo Bolsonaro

“Queremos implantar parcerias e empreender novos ritmos, com metas atingíveis e consolidar o nome da Telebra”, afirmou o novo presidente da estatal, Waldemar Ortunho Junior, em primeiro encontro com funcionários. Ministro Marcos Pontes participou da reunião.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G