Home - Convergência Digital

Huawei, apesar da pressão dos EUA, fechou 26 contratos de 5G

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital* - 28/12/2018

Apesr de toda a pressão dos Estados Unidos e da guerra fria travada com o governo Donald Trump, a Huawei Technologies deverá registrar uma alta de 21 por cento na receita em 2018, para 109 bilhões de dólares, revelou o presidente do conselho da fabricante, Guo Ping. Aos funcionários, o executivo disse que a Huawei assegurou 26 contratos de 5G, tornando-se a maior fornecedora de 5G no mundo, e espera que seus embarques de smartphones superem 200 milhões de unidades em 2018.

A Huawei é a maior fabricante de equipamentos de telecomunicações do mundo e a segunda maior vendedora de smartphones. A empresa sofreu pressões internacionais este ano, depois que os Estados Unidos e seus aliados, incluindo a Austrália e a Nova Zelândia, começaram a barrar seus equipamentos devido a preocupações de que poderiam permitir espionagem da China, o que a Huawei nega.

E novos capítulos dessa guerra comercial vão acontecer em 2019. O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, admitiu considerar a emissão de um decreto no declarando emergência nacional, o que impediria empresas norte-americanas de utilizarem equipamentos de telecomunicações fabricados pelas chinesas Huawei e ZTE, conforme divulgado pela Agência Reuters. Expectativa é que o decreto possa vir a ser emitido ainda em janeiro.

No meio desse conflito, na véspera do Natal, um pequeno empresário japonês enviou uma carta à diretora financeira, Meng Yuzhou, que foi presa no Canadá. Nela agradecia as ações tomadas pela Huawei em ações de apoio à populaçaõ japonesa durante o terremoto de Kobe. Também por carta, Meng Yuzhou, se pronunciou pela primeira vez desde o episódio da prisão.

A diretora financeira da Huawei agradeceu as pessoas, muitas desconhecidas, que se dispuseram a ajudar a pagar a fiança perpetrada pela justiça canadense. Relembrou das ações sociais da fabricante, não apenas no terremoto de Kobe, mas também no terremoto do Nepal. Coube ao seu departamento ficar à frente das ações determinadas em planos de gerenciamento de crise sociais, conforme a estratégia da fabricante chinesa. Meng Yuzhou encerra a carta dizendo que 'a coragem não é a ausência do medo, mas, sim, insistência em acreditar'.

*Com agência Reuters

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

21/03/2019
Anatel incluiu a faixa de 26GHz no leilão do 5G

07/03/2019
5G vai gerar 15 milhões de novos empregos até 2025

07/03/2019
Celulares dobráveis dão respiro esperado à indústria de smartphones

07/03/2019
Preço alto e falta de celulares levam Coreia a adiar lançamento do 5G

07/03/2019
Huawei contra-ataca e processa governo dos Estados Unidos por banimento

01/03/2019
Korea Telecom: 5G reconstrói os negócios com o mercado B2B

01/03/2019
Mais que frequência, 5G exige muita fibra e muita nuvem

27/02/2019
5G em faixa milimétrica trará pelo menos R$ 37 bilhões ao Brasil até 2024

27/02/2019
Anatel agenda leilão do 5G para março de 2020

26/02/2019
Inglaterra testa transmissão de rádio ao vivo por 5G

Destaques
Destaques

Para Ericsson, 5G vai fazer acontecer, de verdade, a indústria 4.0

Presidente da fabricante para a América do Sul, Eduardo Ricotta, diz que uma operadora com 50 Mhz a 80 Mhz terá espectro para oferecer bons serviços, especialmente, o da banda larga fixa móvel. "Há cidades no Brasil, com menos de 100 mil habitantes, com conexões de 2 Mbits. O 5G vai chegar oferecendo bem mais", observa.

5G vai gerar 15 milhões de novos empregos até 2025

O ecossistema 5G está em ebulição e demandará muita mão de obra, afirma o diretor da Huawei, Carlos Roseiro. Segundo ele, vão surgir aplicações, muitas ainda inimagináveis, nos próximos seis anos. "O 5G começa hoje. A frequência virá para dar mais capacidade", observa o especialista.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Desvende 10 mitos sobre os cartões biométricos

Por Cassio Batoni*

Como toda nova tecnologia, os questionamentos sobre a sua segurança e e a sua confiabilidade ainda existem e são compreensíveis, mas ela veio para ficar. A impressão digital surge como a confirmação principal de que o usuário é quem diz ser.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site