Home - Convergência Digital

Serviços de TI e de Telecom podem ser 100% terceirizados no Governo Federal

Convergência Digital - Carreira
Ana Paula Lobo* - 28/12/2018

Os serviços de tecnologia da Informação e prestação de serviços de informação; teleatendimento e telecomunicações fazem parte dos serviços que serão preferencialmente objeto de execução indireta mediante contratação, ou seja, serviços terceirizados, de acordo com a portaria 443/2018, publicada nesta sexta-feira, 28/12.

O normativo regulamenta o art. 2º do Decreto nº 9.507/2018 e aplica-se às contratações realizadas pela administração pública federal direta, autárquica e fundacional, às empresas públicas e às sociedades de economia mista controladas pela União.

A Portaria apresenta uma lista exemplificativa dos serviços que podem ser terceirizados, sempre de caráter auxiliar, instrumental ou acessório. Caso haja outras atividades que não estejam contempladas nessa lista, elas poderão ser executadas de forma indireta, desde que observadas as vedações estabelecidas no art. 3º do Decreto nº 9.507/2018.

As atividades relacionadas ao plano de cargos do órgão ou da entidade não serão passíveis de execução indireta, exceto quando se tratar de cargo extinto. Dentre outras atividades estabelecidas no referido Decreto, também estão vedadas àquelas relacionadas ao poder de polícia, de regulação, de outorga de serviços públicos e de aplicação de sanção. Clique aqui e veja a íntegra da portaria 443.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

25/07/2019
Ciência e Tecnologia fica sem dinheiro para pagar bolsistas

18/07/2019
Reciclagem: MCTIC lista plano de IoT e conexões do Gesac em metas de 200 dias

11/07/2019
MP da Liberdade Econômica altera Leis do Trabalho e decreta fim do eSocial

09/07/2019
MP entra com pedido para TCU fiscalizar terceirizações no Governo Federal

03/07/2019
Abinee:"O setor eletroeletrônico não é o responsável pelo custo Brasil"

02/07/2019
PGR impõe o uso do app próprio e-Space no lugar do WhatsApp e do Telegram

26/06/2019
Bolsonaro veta quarentena de um ano para indicados a agências reguladoras

26/06/2019
Reduzir imposto acabado em TICs reduz espaço do software no Brasil

19/06/2019
Indústria de semicondutores teme fuga de empresas com corte no imposto de importação

17/06/2019
Corte de imposto para produtos acabados extermina parque industrial de Tecnologia

Veja mais artigos
Veja mais artigos

A urgência de cultivar talentos para TIC no Brasil e no mundo

Por Breno Santos*

A transformação digital ainda é um desafio para muitas empresas no Brasil e a aplicação estratégica das novas soluções deve acontecer por meio de equipamentos e mão de obra qualificada.

Destaques
Destaques

TICs vão demandar 700 mil novos profissionais na Indústria em cinco anos

Dados são do Mapa do Trabalho Industrial, feito pelo SENAI, que indicam ainda a urgência na qualificação de 10,5 milhões de trabalhadores em ocupações industriais por conta da indústria 4.0. Um dos especialistas em alta é o condutor de processos robotizados, com um incremento de 22% no número de vagas.

Técnicos são os que mais procuram especialização em Big Data

Cursos voltados para desenvolvimento Full Stack e Segurança Cibernética também são bastante demandados. No caso do big data, dos alunos formados nesta área, 45% possuem mais de 10 anos de experiência (sênior); 36% até nove anos (pleno) e 19% até três anos (recém-formados).

Agile reescreve a carreira do desenvolvedor de software

Ao mudar a entrega dos serviços – quebrando a prática dos longos projetos –, a metodologia também exige novos profissionais.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site