INOVAÇÃO

Software brasileiro transmite dados da maior câmera digital do mundo

Convergência Digital* ... 08/01/2019 ... Convergência Digital

O software Kytos, desenvolvido no Brasil, começou a ser utilizado na rede de produção da Amlight, consórcio que será responsável pela transmissão de dados do Large Synoptic Survey Telescope (LSST), telescópio que será instalado no Chile para fotografar todo o céu visível.

O consórcio AmLight, responsável pela construção, já está empregando o software em sua rede de produção. O Kytos é uma plataforma de código aberto para orquestração de Redes Definidas por Software (SDN) desenvolvida pelo São Paulo Research and Analysis Center (SPRACE), centro que tem apoio da FAPESP.

Segundo o SPRACE, o desenvolvimento do software deu origem a uma estreita colaboração com engenheiros e desenvolvedores da Rede Acadêmica de São Paulo (ANSP), da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) e da própria AmLight.

O LSST, que deverá entrar em operação em 2022, é um projeto internacional que foi proposto em 2001 e começou a ser oficialmente construído em 2014. O local escolhido foi Cerro Pachón, no Chile, no pico de uma montanha de mais de 2,6 mil metros de altura.

O objetivo é fotografar todo o céu visível, o que implica em grandes desafios nas áreas de transmissão, armazenamento e análise de dados. Todas as noites cerca de 20 terabytes de dados serão gerados e precisarão ser transmitidos para diferentes centros de análise ao redor do mundo.

O consórcio AmLight, que envolve RNP, ANSP e Florida International University, será responsável pela transmissão de dados do Chile até os Estados Unidos. Para transferir grandes quantidades de informação de forma rápida entre os países, a AmLight utilizará uma rede complexa com diversos links de 100 Gbps. O consórcio também terá em sua infraestrutura redes definidas por software para diminuir o custo operacional e suportar serviços complexos e dinâmicos.

* Da Agência Fapesp


Cloud Computing
Perda dos dados é o medo real dos gestores de segurança com a nuvem pública

Acessos não autorizados, interfaces inseguras, más configurações e hijacking de contas são as principais vulnerabilidades apontadas pelas companhias para não colocarem suas infraestruturas na nuvem pública, revela estudo global da Check Point.

TICs em Foco - TRANSFORMAÇÃO DIGITAL
Prever. Prevenir. Detectar e Responder

Essas são a exigência da remodelagem da gestão de riscos e da segurança organizacional nas corporações.

Serviços de voz estão mais vivos do que nunca na jornada digital

Quem pensa que os serviços de voz serão secundários está cometendo um erro, pontuou Douglas Silva, executivo da AWS. "Acreditamos que nos próximos 24, 36 meses a voz vai evoluir de apenas serviço informacional para transacional".

Febraban: o céu é o limite para modelos de negócios com blockchain

A blockchain bancária é ainda uma produção pequena, mas é um marco para o setor, observa o diretor setorial de Tecnologia da Febraban, Gustavo Fosse. Sobre o Open Banking, a única certeza é que ele vai vir e já no ano que vem.

Distributed Ledger: open source e blockchain unem esforços

Para o diretor de DCX das Capgemini, Thiago Nascimento, a tecnologia de livro-razão (Distributed Ledger) será disruptiva e exigirá a interoperabilidade do setor financeiro.

Biometria é o ‘empurrão do governo’ para aumentar a bancarização

Inclusão financeira passa por ações mais efetivas do governo, como aconteceu na Índia, afirma diretor-geral da Tata Consultancy Services no Brasil, Tushar Parikh.

BBTS quer ser a integradora dos pequenos bancos no open banking

Para a BBTS, o novo modelo de atuação do sistema financeiro exige aportes que nem todas as instituições financeiras terão fôlego para fazer.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G