Home - Convergência Digital

Governo valida projeto Pernambuco Conectado da Embratel

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital* - 22/01/2019

A Embratel cumpriu mais uma etapa para a implementação do projeto Pernambuco Conectado. A comissão especial de licitação do Governo de Pernambuco validou as documentações de qualificação técnica e econômico-financeiro apresentadas pela Embratel, detalhadas em mais de 32.000 páginas em seu projeto, e todos os seus diferenciais e sua moderna estrutura de telecomunicações. Todos os requisitos técnicos e exigências solicitadas pelo Governo no edital foram atendidos e cumpridos pela operadora.

O PE Conectado é um projeto que visa o desenvolvimento de uma nova rede corporativa no Governo de Pernambuco para integrar serviços para atendimento a órgãos e entidades do Estado. A licitação teve como objetivo a contratação de serviços técnicos especializados de implantação, operacionalização e manutenção de solução de telemática, para prestação de serviços de telefonia fixa e móvel, acesso à Internet e transmissão de dados, com operação técnica integrada especializada para o Governo do Estado de Pernambuco e outros Poderes.

Já no PE Conectado II, a capital Recife será o ponto de concentração da rede. Doze cidades estratégicas servirão de pontos regionais para implantação de infraestrutura. Entre as cidades estão Goiana, Fernando de Noronha, Palmares, Caruaru, Toritama, Garanhuns, Arcoverde, Petrolândia, Serra Talhada, São José do Belmonte, Ouricuri e Petrolina. O projeto da Embratel prevê entrega de mais de 3.600 circuitos com sistema de segurança Embratel para acessos dedicados, 4.000 chips com tecnologia 4G para rede privada de telefonia móvel (LTE Privado), 25.000 linhas de telefonia móvel, emais de 15.000 aparelhos de celular.

Também prevê mais de 20.000 linhas de telemetria, Wi-Fi interno com 12.500 pontos de acessos para utilização interna em diversos órgãos do Governo, Wi-Fi externo com  2.950 pontos de acessos para uso em praças e locais públicos, 15.000 pontos para Comunicação Unificada, 29.263 ramais de telefonia fixa, 620 pontos de Contact Center com Infraestrutura de telefonia fixa, Distribuidor Automático de Chamadas (DAC), Gravação e Unidade de Resposta Audível (URA), operação integrada para monitorar mais de 80.000 itens tecnológicos e serviços de segurança de rede.

Por meio da infraestrutura da Embratel, Pernambuco terá acesso a modernos sistemas para beneficiar a população e incentivar o desenvolvimento tecnológico e a gestão de mais de 80 mil itens distribuídos no estado. “A conquista de um contrato tão importante como este mostra que a infraestrutura e serviços da Embratel são os mais bem preparados para atender às necessidades de Estados do Brasil, a exemplo de outros casos de sucesso que temos nacionalmente”, afirma  Maria Teresa Azevedo Lima, Diretora Executiva para Governo da Embratel.

*Com informações da Assessoria da Embratel

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

16/07/2019
Há 50 anos, Embratel iniciava a transmissão via satélite no Brasil

28/06/2019
Embratel une IA e omnichannel para transformar relacionamento com clientes

12/04/2019
PE Conectado: Embratel reage à possível inabilitação por denúncia anônima

09/04/2019
Transformação digital faz Embratel investir R$ 30 milhões em Edge Computing

03/04/2019
Governo dá aval para o início do projeto Pernambuco Conectado

21/03/2019
Embratel instala 15 mil novos hotspots gratuitos de Wi-Fi em Pernambuco

18/02/2019
Embratel usa Banda KA para expandir banda larga fixa e IoT

22/01/2019
Governo valida projeto Pernambuco Conectado da Embratel

14/11/2018
Embratel vai fornecer 4 mil chips 4G ao governo de Pernambuco

17/10/2018
Embratel: governança de dados desafia as operadoras

Destaques
Destaques

5G chegará a 75 milhões de conexões na América Latina até 2023

Até lá, a tecnologia LTE segue com um crescimento considerável. Em junho foram 4,7 bilhões de conexões, ou 53% de todas as conexões celulares no mundo, revela a 5G Americas.

TVs defendem migração da banda C para Ku e calculam custo em R$ 2,9 bilhões

Abratel, que representa Record e Rede TV!, apresentou formalmente à Anatel uma proposta de migração das transmissões como forma de evitar a interferência do uso da faixa de 2,5 GHz nas antenas parabólicas.  

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Carro autônomo: decisões baseadas em dados vão evitar acidentes?

Por Rogério Borili *

O grande debate é que a inteligência dos robôs precisa ser programada e, embora tecnologias como o machine learning permitam o aprendizado, é preciso que um fato ocorra para que a máquina armazene aquela informação daquela maneira, ou seja, primeiro se paga o preço e depois gerencia os danos.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site