SEGURANÇA

Hackers vazaram mais de 3,4 milhões de contas de serviços de streaming de música, vídeo e games

Da redação ... 29/01/2019 ... Convergência Digital

O dfndr lab, laboratório de cibersegurança da PSafe, encontrou cinco bases vazadas com dados que, no total, somam mais de 3,4 milhões de contas de acesso a populares serviços de streaming de música e vídeo, e também de acesso a jogos. Os documentos, vazados por hackers, contêm e-mails e senhas correspondentes de usuários de diversos países.

"Com login e senha, os cibercriminosos conseguem ter total acesso e usar os serviços como se fossem o dono da conta. Além disso, muitas pessoas usam as mesmas senhas para diversos serviços, o que dá ainda mais acesso ao hacker a informações pessoais ou até mesmo privadas e sigilosas das vítimas", esclarece Emilio Simoni, diretor do dfndr lab. Emilio ainda ressalta que é bastante comum que os hackers compartilhem suas 'conquistas' na deep web com outros grupos de cibercriminosos, "deixando as vítimas ainda mais expostas".

A equipe de segurança do dfndr lab aponta que, em casos como esse, na maior parte das vezes os hackers conseguem todos os dados por meio do envio de um phishing, ou seja, uma página falsa que se passa pelo site verdadeiro para coletar as informações de acesso. Para se proteger deste tipo de ataque, Emilio recomenda algumas medidas de segurança, como:

Verifique se o site que você está acessando é o site oficial daquela marca;
Não acredite em links recebidos por WhatsApp, SMS ou e-mail;
Verifique nos canais oficiais da marca se aquela promoção realmente existe;
Nunca utilize a mesma senha para diversos serviços, já que isso aumenta a chance do cibercriminoso conseguir acesso a outras contas da vítima; e
Tenha sempre um produto de segurança com a função anti-phishing instalado no celular.


NEC - Conteúdo Patrocinado - Convergência Digital
Multibiometria: saiba como ela pode cuidar da sua segurança digital

Plataforma Super Resolution, que integra espaços físicos e digitais, será apresentada pela primeira vez no Brasil no Futurecom 2018. Um dos usuários da solução é o OCBC Bank, de Cingapura. A plataforma permite o reconhecimento instantâneo das pessoas à medida que se aproximem da agência.

Microsoft alerta para risco de novo ataque como WannaCry

“A vunerabilidade é ‘wormable’, o que significa que qualquer futuro malware que a explore pode propagar de um computador para outro de forma similar ao que vimos em 2017”, explica o diretor de resposta a incidentes da MS, Simon Pope.

Unisys: Transformação digital amplia papel da cibersegurança

Ao abrir o acesso por multicanais e dar maior transparência aos seus serviços, por conta da jornada digital, governo e empresas reforçam a preocupação com o compliance, observa o vice-presidente de Tecnologia da Unisys na América Latina, Marcel Valverde. Sobre a Lei de Dados Pessoais, o executivo é taxativo: "Vai exigir um grande esforço de adequação".

Dados Pessoais: Empresas abrem mão da análise de risco e erram feio na estratégia

Ataques malware explodem e País ganha destaque global como hospedeiro para ataques botnets, revela o diretor geral da SonicWaal do Brasil, Arley Brogiato.

Segurança da Informação segue muito baixa nos órgãos do Governo

O coordenador geral de contratações de TICs do ministério da Economia, Silvio Lima, admite que é preciso acelerar a capacitação das equipes. "O governo digital vai aumentar exponencialmente a base de dados nas nossas mãos". Consequência da baixa maturidade foi a decisão de não comprar por serviço na área.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G