GOVERNO

Por defesa cibernética, governo terá requisitos para Internet das coisas

Luís Osvaldo Grossmann ... 04/02/2019 ... Convergência Digital

Na primeira mensagem presidencial de Jair Bolsonaro ao Congresso Nacional, a reforma da Previdência vai ganhar os holofotes, mas a promessa contida no documento alinha como três eixos estratégicos a segurança cibernética, a mineração com destaque para o setor nuclear, e o desenvolvimento tecnológico nacional.

Segurança, em geral, é um dos temas mais frequentes nas mais de 250 páginas da mensagem presidencial. E a defesa cibernética é especialmente citada como a primeira candidata a ganhar um plano nacional. E nela, o novo governo avisa que vai exigir medidas das redes de telecomunicações modernas.

“Serão propostos subsídios para a elaboração da Norma Complementar de Requisitos Mínimos de Segurança da Informação para Dispositivos de Internet das Coisas (IoT). O tema é atual e consta da pauta de discussões entre os Ministérios e associações empresariais interessados nos aspectos comerciais e de fomento dessa nova tecnologia”, diz a mensagem.

O novo governo diz que “será ampliada a capacidade em Inteligência Cibernética, por meio da disponibilização de novos recursos para o trabalho de coleta e processamento de dados e informações e monitoramento de ameaças”. E promete abraçar a criptografia.

“Para a segurança das informações e das comunicações estratégicas para o Estado brasileiro, deverão ser incentivados o uso e o desenvolvimento de tecnologia de ponta, com destaque para a implementação de novas soluções de segurança da informação, baseadas em algoritmos criptográficos de Estado.”

Mas ainda que faça menção a estratégias específicas já discutidas, como a que trata da transformação digital, ou mesmo os programa de inclusão digital sustentados no satélite nacional, o documento não esclarece se tais planos serão mantidos ou revistos. A íntegra da mensagem pode ser acessada aqui.


Painel Telebrasil 2019
A 63ª edição do principal encontro institucional de lideranças do setor de telecomunicações e TICs acontecerá entre os dias 21 e 23 de maio de 2019, em Brasília. Saiba mais em paineltelebrasil.org.br
Veja o vídeo

Pontes: Corte de 42% no orçamento deixa MCTIC 'com a corda no pescoço’

“Ao longo dos anos o ministério veio perdendo prestigio e o orçamento veio caindo. Precisamos de muito apoio para melhorar o orçamento para o ano que vem, porque  o deste ano já está feito”, afirmou o ministro Marcos Pontes.

Receita Federal decide cobrar IPI das impressoras 3D

Para o Fisco, a atividade de impressão em 3D caracteriza-se como uma operação de industrialização na modalidade de transformação.

"Espero que dinheiro da base de Alcântara não vire outro FUST", diz Marcos Pontes

Segundo explicou no Senado Federal, o acordo é uma autorização dos Estados Unidos para lançamentos de foguetes na base brasileira. Mas não há ainda definição de quem vai ficar com os recursos da operação comercial da base.

Félix Mendonça Junior (PDT-BA) é o novo presidente da CCT da Câmara

Parlamentar que dar atenção especial  para a discussão da chegada do 5G no Brasil e também nas novas tecnologias, entre elas, o reconhecimento facial.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G