Home - Convergência Digital

Impasse encerra negociação salarial de TI em São Paulo. Trabalhadores vão discutir greve

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital* - 06/02/2019

Impasse entre patrões e empregados fez com que a negociação entre as partes fosse declarada encerrada pelo Sindpd/SP, representante dos trabalhadores. De acordo com o sindicato, o ponto central da discórdia é a mudança de cláusulas da Convenção Coletiva de Trabalho 2019. Sindicato informa que vai convocar a categoria para deliberar os próximos passos e um deles pode ser a greve. Também convida as empresas a assinarem acordos coletivos diretamente com o Sindicato.

Segundo os trabalhadores há impasse com temas já negociados como obrigatoriedade de apresentação de PLR, hora extra, auxílio-creche, vale-refeição, assistência médica, complementação do auxílio-previdenciário, homologações no Sindicato, reembolso por quilometragem, política de viagens a serviço, adicional de sobreaviso, adiantamento salarial, entre outros benefícios historicamente conquistados. A Convenção Coletiva de Trabalho 2018 só foi acordada no final do ano passado, depois da intervenção do Tribunal Regional do Trabalho.

Do lado patronal, as empresas que participaram da negociação foram Sonda, Stefanini, Totvs, Tivit, BRQ, Capgemini, Datasist, Ericsson, Indra, Microsoft Sistemas, Polo Industrial de Software de Ribeirão Preto (PISO), Associação de Empresas de Serviços de Tecnologia da Informação de Marília (ASSERTI) e outras regiões do interior, e Prodesp.

A Diretoria do Sindpd se reunirá na próxima quinta-feira (07) para definir os próximos passos, que incluem discutir com a base, a fim de declarar uma possível greve da categoria com o objetivo de manter intactas as conquistas da Convenção Coletiva.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

05/04/2019
TRT define reajuste de 3,43% no dissídio coletivo dos trabalhadores de TI de São Paulo

25/03/2019
TRT precisa se manifestar sobre dissídio de TI em São Paulo

21/02/2019
TRT ordena a reabertura das negociações salariais de TI em São Paulo

19/02/2019
TRT vai mediar impasse entre patrões e empregados de TI em São Paulo

06/02/2019
Impasse encerra negociação salarial de TI em São Paulo. Trabalhadores vão discutir greve

29/01/2019
Negociação entre patrões e empregados de TI não avança em São Paulo

22/01/2019
Impasse já marca a negociação salarial de TI em SP para 2019

19/12/2018
TRT/São Paulo homologa dissídio coletivo de TI de 2018

12/12/2018
Trabalhadores de TI de São Paulo vão discutir trabalho intermitente com patrões

11/12/2018
No Rio de Janeiro, reajuste dos trabalhadores de TI ficou em 4,16%

Veja mais artigos
Veja mais artigos

O futuro do trabalho colocado à prova

Por Luiz Camargo*

Novas profissões exigem também novas habilidades para acompanhar a revolução digital. Os novos empregos certamente irão demandar habilidades analíticas, matemáticas e digitais, com um toque de neurociência.

Destaques
Destaques

TI precisa de 420 mil novos profissionais até 2024

Formação de mão de obra, que já sofre para atender a demanda, vai ficar longe dos 70 mil novos empregos por ano. IoT, Big Data e segurança são áreas de maior demanda.

Salários em TICs são três vezes maiores que a média nacional

Em software e serviços, onde estão 75% das vagas das empresas de tecnologia da informação, remuneração média em 2018 foi de R$ 5 mil, contra R$ 1,8 mil do salário médio nacional.

TICs podem formar 1 milhão a cada quatro anos com recursos já existentes

Segundo o presidente da Contic, Edgar Serrano, atualização do marco legal de telecom e a criação do Sistema S das TICs são medidas de transformação digital sem impacto fiscal.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site