INOVAÇÃO

Rede GoB2B quer ser a plataforma de negócios global do Brasil

Ana Paula Lobo ... 11/02/2019 ... Convergência Digital

Criada em 2011, a rede GoB2B Brasil, cuja patente pertence à  PTI – Publicações Técnicas Internacionais, quer ser a plataforma de negócios global do Brasil, conta Pierre Grossmann. Neste momento, a empresa busca negociar com o governo Bolsonaro para licenciar, gratuitamente, a patente para o uso da ferramenta na estratégia de serviços digitais.

"A rede GoB2B Brasil permite a comunicação universal. Como tenho o conhecimento das normas, são mais de 700 mil normas no banco de dados, observando que duas mil normas são criadas por mês, há a possibilidade de permitir a 19 milhões de empresas com CNPJ ativos negociarem seus produtos com o mundo", afirma Grossmann.A rede possui acesso a cerca de 39 milhões de CNPJs.

"Um bom exemplo: só de parafusos há mais de 1250 tipos registrados no mundo A rede GoB2B permite que um brasileiro negocie com diferentes empresários para comprar um desses parafusos, já que eles estão catalogados, registrados e prontos para serem vendidos pela rede. Nòs temos as normas registradas. A conversa será em inglês, que é universal", acrescenta. Não é a primeira vez que a PTI tenta ceder a patente da rede para a gestão pública. Houve uma tentativa de acordo com a prefeitura de São Paulo, que não andou.

Como também não deu certo com o Ministério dos Esportes, depois de aprovação em chamada pública para iniciativas voltadas para gerar demanda com a realização da Copa do Mundo de 2014 no Brasil, mas o seu criador não desiste. "No lançamento, conseguimos inscrever 5500 mil empresas inscritas. Acreditamos muito que rede GoB2B Brasil é um produto diferenciado. Falam muito que o Brasil não criou um Facebook. A minha plataforma é um produto universal", diz Grossmann.

Indagado sobre o porquê de ceder gratuitamente a patente para o governo, Grossmann diz que a receita esperada virá de um percentual das transações feitas pela rede e da publicidade que a rede poderá ter. "Insisto com o fabricante de parafuso.Ele pode se interessar em anunciar na rede para chamar a atenção das empresas nacionais. Tenho a convicção que a minha plataforma é o único canal de comunicação que consegue negociar produtos, processos e serviços em todos os países do mundo", destaca o diretor da PTI. O pedido de uma audiência ao novo governo já foi feito e, agora, acrescenta Grossmann, o momento é de aguardar uma sinalização oficial.



Cloud Computing
Uma empresa utiliza, em média, 1295 serviços na nuvem

Relatório Netskope Cloud Report aponta que as três principais violações de política detectadas em serviços de nuvem corporativa incluem Prevenção a Perda de Dados (DLP), política de atividade na nuvem e, violações de atividade atípica.

TICs em Foco - TRANSFORMAÇÃO DIGITAL
Prever. Prevenir. Detectar e Responder

Essas são a exigência da remodelagem da gestão de riscos e da segurança organizacional nas corporações.

Transformação digital é um dos temas da 4ª edição da O&G TechWeek

Evento, no Rio de Janeiro, vai  debater o impacto das tecnologias digitais no futuro dos segmentos de Upstream, Downstream, Gás e Energia e os possíveis desdobramentos em outros setores da economia.

Desafio em segurança e defesa premia startups com R$ 100 mil

Fintechs e Blockchain também são temas para a disputa, batizada de Conexão Defesa, e que acontece de 03 a 05 de setembor, em Florianópolis. Inscrições vão até o dia 20 de agosto.

Brasil cai duas posições em ranking global de inovação

Entre 129 países, o Brasil é o 66º mais inovador segundo o Índice Global de Inovação da Organização Mundial da Propriedade Intelectual. Na América Latina, País fica atrás do Chile, México e Costa Rica.

G7 manda recado ao Facebook: a criptomoeda Libra não será liberada tão fácil

As autoridades regulatórias globais não permitirão que o Facebook lance sua criptomoeda libra até que todas as suas preocupações, desde a lavagem de dinheiro até a estabilidade financeira, sejam resolvidas,revelou Benoît Coeuré, membro do conselho do Banco Central Europeu.

DBServer: competitividade exige uma nova maneira de fazer software

Ao completar 25 anos, a companhia gaúcha investe em novas tecnologias, entre elas, Blockchain, com o lançamento, em setembro, de um projeto dedicado à área de saúde, conta Verner Heidrich.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G