GOVERNO

Vanderlan Cardoso, de Goiás, será o novo presidente da CCT no Senado

Luís Osvaldo Grossmann ... 12/02/2019 ... Convergência Digital

Os líderes partidários acertaram nesta terça-feira, 12/2, a partilha das comissões temáticas no Congresso Nacional. No Senado, a comissão de Ciência, Tecnologia, Comunicações e Informática ficou com o Progressistas (PP). E a indicação será para o senador Vanderlan Cardoso, de Goiás.

Cardoso é senador em primeiro mandato, mas já foi duas vezes prefeito de Senador Canedo e tentou duas vezes o governo de Goiás. Ele é empresário, fundador do grupo Cicopal, que fabrica salgadinhos. Pelo acerto político, ele será eleito por aclamação na reunião desta quarta, 13/2.

Na divisão, o maior partido, MDB, ficou a CCJ, Educação e Orçamento. O PSD vai presidir duas, Assuntos Econômicos e Relações Exteriores, assim como o PSDB, que ficou com as comissões de Desenvolvimento Regional e Fiscalização e Controle.

Os demais partidos presidem uma única comissão cada: PT com Direitos Humanos, Rede com Meio Ambiente, PSL com Agricultura, DEM com Infraestrutura, Podemos com Assuntos Sociais. PRB e PSC vão se revezar na comissão Senado do Futuro.

Uma das missões iniciais do senador à frente da CCT no Senado será o encaminhamento para a votação do PLC 79/2016, que altera o marco regulatório das Telecomunicações. O projeto de lei que altera a Lei Geral das Telecomunicações (Lei 9.472, de 1997) recebeu emendas no Plenário no final do ano passado e voltou ao exame da Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT). O destino da Lei de Informática também será discutido por essa nova CCT.


Painel Telebrasil 2019
A 63ª edição do principal encontro institucional de lideranças do setor de telecomunicações e TICs acontecerá entre os dias 21 e 23 de maio de 2019, em Brasília. Saiba mais em paineltelebrasil.org.br
Veja o vídeo

Operações com criptomoedas terão que ser informadas à Receita

Nova instrução normativa da Receita exige informações quando as operações com ‘criptoativos’ ultrapassarem os R$ 30 mil mensais. No valor  de mercado desta terça-feira, 07/05, um bitcoin vale US$ 5.940,00, ou R$ 23.760. Ou seja, brasileiro com 2 bitcoins terá de prestar contas com o Fisco.

Reforma Tributária só acontece se for 'fatiada' com governo à frente

A afirmação é do presidente da Frente Parlamentar Mista da Reforma Tributária do Congresso Nacional, deputado Luis Miranda, do DEM/DF. "Não dá para crer que governo federal, estados e municípios façam a reforma unificada", diz.

Serpro e Dataprev terão de se reinventar para a economia digital

O secretário Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia, Paulo Uebel, admite que um desafio a ser enfrentado para a transformação digital do governo federal é a interoperabilidade dos bancos de dados. "Há muitos que não se conversam", afirmou.

Falta de dinheiro exige exercício de criatividade na economia digital

Para o secretário de empreendedorismo e inovação do MCTIC, Paulo Alvim, a retomada da competitividade no Brasil passa por um ecossistema sólido unindo governo, iniciativa privada e academia.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G