Home - Convergência Digital

Korea Telecom: 5G reconstrói os negócios com o mercado B2B

Convergência Digital - Carreira
Ana Paula Lobo* - 01/03/2019

O mercado corporativo não tem mantido uma relação estável com as operadoras de telecomunicações e o 5G chega para dar uma guinada e reconstruir essa relação de uma maneira sem igual. Assim o Chairman e CEO da Korea Telecom, Chang Gyy Hwang, definiu durante palestra no Mobile World Congress, que aconteceu em Barcelona, de 25 a 28 de fevereiro, em Barcelona.

"Em 2015, viemos aqui e prometíamos o 5G. Agora ele é real. Na Coréia do Sul, o 5G está salvando vidas com a aplicação integrada com a área de saúde", salientou Hwang. O CEO da Korea Telecom admite que ainda é preciso cuidar de questões relevantes como um standard global para assegurar a confiabilidade na nova tecnologia. "Confiança é absolutamente necessário", reforçou.

O B2B é a menina dos olhos com o 5G, na Korea Telecom admitiu ainda o executivo. Ele contou que a Hyundai está usando o 5G para monitorar toda a área de sua fábrica para assegurar segurança à proteção. Outra aplicação real é a transformar os dispositivos Internet das Coisas completamente invisíveis para os hackers. "O 5G tem o poder de oferecer uma segurança 'perfeita' para os objetos conectados", relatou.

Na área de energia, o 5G tem permitido, segundo Chang Gyy Hwang, obter até 60% de redução de custos em função do monitoramento em tempo real. "Sustento que os modelos de negócios estão mudando radicalmente com o 5G. Não é mais pensar apenas em ultra velocidade, ultra conectividade. É também ter a ultrabaixa latência. Nós, as operadoras, temos de estar prontas para recuperar o B2B, com novos produtos e novas formas de atuação", completou o Chairman da Korea Telecom.

Do ponto de vista de tecnologia, a Korea Telecom anunciou um acordo para iniciar testes em Seul, capital da Coreia do Sul, com tecnologia de virtualização de funções de rede (NFV) e fatiamento de rede 5G (network slices) com a Nokia.

*Ana Paula Lobo viajou a Barcelona a convite da Huawei Brasil

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

14/08/2019
MCTIC convoca reunião para tratar de interferência do 5G nas antenas parabólicas

14/08/2019
5G e Internet das Coisas são prioridades para os países do BRICS

10/08/2019
Huawei confirma investimento de R$ 3,2 bilhões até 2022 em São Paulo

09/08/2019
Huawei diz considerar instalar uma fábrica em São Paulo

08/08/2019
Leilão 5G: Empresas menores pedem lotes regionais de espectro

08/08/2019
Bloqueio à Huawei impacta venda de smartphones. Mercado só recupera com 5G

30/07/2019
GSMA acusa órgãos dos EUA de espalhar 'desinformação' sobre 5G em ondas milimétricas

30/07/2019
Tencent e Qualcomm negociam chips para jogos em 5G

25/07/2019
Apple compra divisão de modems 5G da Intel por US$ 1 bilhão e acirra rusga com a Qualcomm

25/07/2019
TIM supera rivais em disponibilidade e latência 4G. Claro lidera em velocidade de download

Destaques
Destaques

Escassez de talentos e complexidade travam projetos de Internet das Coisas

Estudo global mostra ainda que quase 30% das provas de conceito falham por conta de implementação cara e da falta de profissionais capacitados. A segurança segue sendo desafiadora.

TIM supera rivais em disponibilidade e latência 4G. Claro lidera em velocidade de download

Relatório da OpenSignal mostra que a disponibilidade do sinal 4G melhorou no Brasil com o uso da faixa de 700 Mhz.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

O potencial pouco explorado da Internet das Coisas

Por Daniel Kriger*

A grande mudança que a Internet das Coisas (IoT – Internet of Things) trará para a vida das pessoas está além da facilidade de se preparar um café, programar um banho quente ou economizar na conta de luz. Dar conectividade a objetos e abrir espaço para comandos inteligentes em inúmeras tarefas do dia a dia é um dos principais propósitos de IoT. Mas não é só isso.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site