TELECOM

Justiça de São Paulo manda Claro pagar R$ 500 cada vez que ligar para ex-cliente

Luís Osvaldo Grossmann* ... 01/04/2019 ... Convergência Digital

A 22ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo condenou a Claro a pagar multa de R$ 40 mil a um ex-cliente que chegou a receber 23 ligações por dia com ofertas da operadora. A empresa também foi condenada a pagar R$ 500 cada vez que voltar a ligar para o autor da ação.

A queixa foi inicialmente levada ao Procon da cidade de Franca, em São Paulo. Um processo administrativo foi encerrado com um acordo no qual a empresa se comprometeu com a “abstenção da conduta” e o cliente, que reclamou das muitas ligações desde que cancelou o serviço de telefonia móvel, faria a inscrição no cadastro de bloqueio de ligações de telemarketing administrado pelo Procon estadual.

No entanto, as ligações continuaram. Segundo apresentou à Justiça, a empresa chegou a telefonar 10, 13, 15 e até 23 vezes no mesmo dia. O caso foi então à Justiça. A operadora alegou que “por se tratar de empresa de grande porte, tais ligações são feitas de forma automática, de acordo com cada plano e visando a melhoria em sua prestação de serviço, não agindo assim de má-fé”.

A decisão em primeira instância já determinara a multa de R$ 100 por chamada ao consumidor que reclamou da empresa. No recurso à Câmara de Direito Privado, a penalidade foi aumentada. Pesou a quebra do combinado no Procon de Franca.

Para o relator, Roberto Mac Cracken, a Claro “excedeu-se em suas ofertas de produto, tanto que, segundo demonstra o consumidor, chegou a telefonar mais de vinte vezes num mesmo dia. Sem dúvida o número de ligações mostra-se excessivo, configurando situação que viola o sossego do apelante, mesmo após a empresa requerida assumir o compromisso perante o Procon Municipal de Franca de não mais lhe oferecer produtos e serviços por via de telefonema e mensagens de texto”.

A decisão da 22ª Câmara de Direito Privado do TJSP foi encaminhada à Anatel e ao Procon-SP para que “tomem as providências que entenderem próprias, no que for de sua competência”.

* Com informações do Conjur


Revista do 62º Painel Telebrasil 2018
Veja a revista do 62º Painel Telebrasil 2018 Brasil Digital: O futuro é agora - é o tema da revista do Painel Telebrasil 2018.
Edição, com 104 páginas, consolida os debates realizados no evento, que reuniu a indústria de Telecomunicações.
Clique aqui para ver outras edições

Oi se posiciona como prestadora de serviços de TI

Tele estruturou serviços como segurança cibernética, big data e gestão integrada. "Entender as dores e as necessidades do cliente é uma obrigação", afirma Rodrigo Shimizu, diretor de Marketing do Corporativo da Oi.

Embratel: transformação digital exige experimentar e errar

O cliente é e centro da jornada digital que a operadora faz há sete anos, conta o CEO, José Formoso.

"Estamos comprometidos com o futuro do Brasil", diz CEO da Telefónica

Em reunião geral dos acionistas, realizada em Madrid, o presidente do conselho e CEO da Telefónica José María Álvarez-Pallete, afirmou que o Brasil é um dos países que mais vai crescer no mundo com a revolução digital.

Novo projeto de lei prevê cobertura celular obrigatória de 60% das estradas

PL 1721/19 prevê inclusão da medida nas futuras licitações da Anatel. Texto precisa passar pelas comissões de ciência e tecnologia, finanças e tributação e de constituição e justiça. 




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G