TELECOM

Volume de dados gerados na rede da Oi para o Rio2C foi de 9,7Terabytes

Da redação ... 30/04/2019 ... Convergência Digital

A Oi registrou 780 mil acessos na rede instalada para atender a Rio Creative Conference (Rio2C), evento de economia criativa que aconteceu na semana passada, na Cidade das Artes, no Rio de Janeiro, e reuniu grandes nomes da tecnologia, audiovisual, inovação e cultura. O número corresponde ao total de vezes em que os usuários se conectaram à rede da companhia nos seis dias de evento.

Os acessos geraram um volume de dados trafegado de 9,7 TeraBytes nas redes WiFi da Oi, quase sete vezes mais do que a edição 2018 da Rio2C e o equivalente ao download ou upload de 2,62 milhões de fotos em alta resolução ou mais de 3 mil horas de streaming de vídeo na internet. No total, 22 mil dispositivos diferentes se conectaram à rede Wifi da Oi na Cidade das Artes.

A Rio2C se firmou como maior referência da América Latina em economia criativa, com participantes de 36 países e um público estimado em 25 mil pessoas. Foram mais de 1000 palestrantes distribuídos em 415 painéis, o que resultou em mais de 780 horas de conteúdo sobre as últimas tendências em inovação no mundo.

O evento também promoveu rodadas de negócios com mais de 1.500 reuniões e envolveu cerca de 4.500 pessoas nos trabalhos de produção, gerando um impacto econômico estimado em R$ 250 milhões. Todo este ambiente contou com ampla estrutura da Oi, que forneceu rede de telecomunicações e TI para o evento. Foram 8 km de fibra ótica conectando a Cidade das Artes de ponta a ponta com o Oi Fibra e links de dados totalizando 5 Giga, disponibilizando Wi-Fi de altíssima velocidade (2Gbps) ao público, entre palestrantes, executivos e artistas.

A companhia disponibilizou links de dados usados em todas as 80 salas e ambientes do evento, inclusive nas salas de palestras e debates. Para oferecer toda a infra de telecom e TI, a Oi realizou um trabalho que envolveu profissionais de diversas áreas da empresa, para planejar, implantar e operar uma rede com alta disponibilidade de serviços em todos os dias do encontro. Também foram implantados 10 quilômetros de cabeamento para interligar todos os dispositivos utilizados  pelo público da Rio2C.

Além disso, a Oi instalou 110 pontos de wi-fi para uso do público visitante e reforçou os sinais 3G e 4G da Cidade das Artes.No espaço da Oi, os visitantes puderam se conectar pelo 5G a outra pessoa no mesmo ambiente visualizando suas respectivas holografias por meio de óculos de realidade virtual. Também houve um ambiente totalmente inspirado na Antártica: um domo refrigerado que apresentava a atuação pioneira da Oi em infraestrutura de telecomunicações no continente mais gelado do planeta.


Internet Móvel 3G 4G
Internet dos sentidos: uma nova etapa da economia digital

Com o cérebro humano como interface do usuário, os dispositivos responderão aos pensamentos, criando um novo paradigma de interação, aponta a 9ª edição do relatório ConsumerLab Hot Consumer Trends da Ericsson.

Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições

Globo e Netflix se unem contra streaming na Lei da TV Paga

Debate realizado na Câmara federal mostra que há muitas divergências sobre a questão entre os atores do ecossistema sobre a Internet ser ou não enquadrada na Lei do SeAC.

Teles lançam site Fique Antenado! para incentivar instalação de antenas

Página, produzida pelo SindiTelebrasil, tem o intuito de incentivar a instalação de mais infraestrutura de telecom. MCTIC e Anatel apoiaram a iniciativa. Frente Nacional de Prefeitos se dispôs a sentar à mesa e tirar as dúvidas das gestões municipais.

Telefónica Brasil vende 1.909 torres para Telxius por R$ 641 milhões

Empresa anunciou a venda depois do posicionamento oficial da companhia de abrir mão das operações na América Latina para centrar as atenções no mercado brasileiro.

PGR defende acesso a dados armazenados em celular sem ordem específica

Em parecer encaminhado ao Supremo Tribunal Federal, a Procuradoria Geral da República alega que deve ser adotado o mesmo entendimento de quando são apreendidos computadores ou DVDs.




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G