Home - Convergência Digital

Oi investe em IoT, conectividade e telepresença para o agronegócio

Convergência Digital - Carreira
Da redação - 30/04/2019

A Oi marca presença na Agrishow, maior feira de tecnologia agrícola do Brasil, que ocorre de 29 de abril à 3 de maio, em Ribeirão Preto (SP). A companhia passa a atuar de forma estratégica no agronegócio e apresenta no evento soluções digitais de conectividade, IoT (internet of things) e comunicação para clientes corporativos com foco no aumento da produtividade no campo.

As soluções de conectividade e IoT da companhia para o agronegócio possibilitam o acesso e o envio de informações online da fazenda à sede, remotamente, através da emissão de sinal via antena ou satélite para os implementos agrícolas plugados à rede, permitindo o monitoramento do comportamento e produção da plantação e colheita.

A atuação mais ágil e proativa na prevenção de falhas e sobreposições das operações, evitando desperdícios dos recursos, o combate de pragas, a correção da acidez do solo e a manutenção de maquinários são alguns dos fatores que passam a ter visibilidade com tecnologias ofertadas pela Oi. Ao longo das safras, com uso de software para a análise de dados, o cliente que adquire essas tecnologias conta com uma massa crítica de informações para as tomadas de decisão.

Em fevereiro, as soluções digitais da Oi para o agronegócio tiveram eficiência atestada pela AMAGGI, uma das empresas líderes do setor na América Latina, com atuação em sete países através da produção e comercialização agrícola, em logística e energia. Ambas as empresas celebraram contrato, sendo a Oi responsável por fornecer e gerenciar a conectividade e os dispositivos encarregados de transmitir os dados do campo à sede da fazenda Tucunaré, uma propriedade AMAGGI de 87,6 mil hectares, localizada a cerca de 500 km de Cuiabá, oferecendo cobertura de aproximadamente 35 quilômetros de raio na área de plantio.

Nesse caso, foi utilizado a frequência 450 MHz que a Oi tem direito de uso exclusivo no MT, MS, GO, DF e RS. Como benefícios, a AMAGGI adquire melhor gestão dos ativos espalhados em campo e a possibilidade de criar uma rede integrada de sensores e dispositivos remotos.

Para as demandas de comunicação no segmento agrícola, a operadora apresenta solução de telepresença que integra videoconferência, telepresença e salas virtuais na nuvem através de multidispositivos. Com a plataforma, empresas do agronegócio passam a dispor de uma tecnologia desenvolvida para realizar comunicação entre as sedes espalhadas por diversas regiões. A solução viabiliza realizar encontros de forma virtual, sem perda de qualidade, gerando economia de gastos de deslocamento e tempo dos colaboradores.


 

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

14/05/2019
Oi espera arrecadar até R$ 7 bilhões com venda de ‘ativos não estratégicos’

10/05/2019
Oi reforça estratégia para fidelizar pré-pago

08/05/2019
Anatel mantém pente fino na recuperação judicial da Oi

30/04/2019
Oi investe em IoT, conectividade e telepresença para o agronegócio

30/04/2019
Volume de dados gerados na rede da Oi para o Rio2C foi de 9,7Terabytes

17/04/2019
Oi faz piloto de internet das coisas rural em 450 MHz

11/04/2019
PE conectado: Oi diz que recorre dentro dos fóruns técnicos e não por especulações

03/04/2019
Oi tem novo diretor de vendas do corporativo para regionais

03/04/2019
Oi homologa acordo e encerra litígio com a Pharol

02/04/2019
Oi migra 100% dos bancos de dados para nuvem privada da Oracle

Destaques
Destaques

Com 5G, Internet das coisas entra no radar dos bancos no Brasil

Muitas instituições financeiras estão com a área de inovação trabalhando para entender como usar a Internet das Coisas em seus serviços, diz o diretor de Tecnologia da Federação Brasileira de Bancos, Febraban, Gustavo Fosse.

País ativa 2 milhões de chips 4G por mês

Primeiro trimestre do ano terminou com 136 milhões de acessos LTE ativos, ou praticamente 60% dos celulares em serviço.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

O potencial pouco explorado da Internet das Coisas

Por Daniel Kriger*

A grande mudança que a Internet das Coisas (IoT – Internet of Things) trará para a vida das pessoas está além da facilidade de se preparar um café, programar um banho quente ou economizar na conta de luz. Dar conectividade a objetos e abrir espaço para comandos inteligentes em inúmeras tarefas do dia a dia é um dos principais propósitos de IoT. Mas não é só isso.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site