Home - Convergência Digital

Teles dos EUA são processadas por venderem geolocalização dos clientes

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital - 06/05/2019

Quatro ações coletivas foram abertas nos Estados Unidos contra cada uma das quatro grandes operadoras de celular do país, AT&T, Verizon, T-Mobile e Sprint. São processos que buscam reparações aos 300 milhões de usuários de telefonia móvel, que acusam as teles de venderem dados de localização a terceiros.

As ações alegam que as empresas violaram a legislação americana, além de suas próprias promessas, pelo compartilhamento dos dados de geolocalização fornecidos pelos smartphones, em uma “disseminação não autorizada dos dados a terceiros, inclusive, mas não apenas, agregadores de dados que por sua vez podem usar ou revender as informações de geolocalização”.

Grosso modo, as ações coletivas representam todos os usuários de telefonia celular entre 2015 a 2019 nos EUA, sendo cerca de 100 milhões na AT&T, 100 milhões na Verizon, e 50 milhões em cada uma de T-Mobile e Sprint. Os valores das reparações serão discutidos ao longo do julgamento.

Para sustentar as violações à privacidade, as ações recuperam promessas feitas ainda em 2018 pelas quatro operadoras no sentido de que não mais venderiam os dados de geolocalização de seus clientes depois que vários foram vazados. Apesar disso, uma investigação da revista digital Motherboard mostrou que em janeiro deste 2019 a prática continuava em vigor.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

20/05/2019
Disseminação de IA e reconhecimento facial são novos riscos, diz Mozilla

17/05/2019
Ministério da Economia foi o órgão com mais pedidos de informações na LAI

15/05/2019
São Francisco proíbe polícia de usar reconhecimento facial

07/05/2019
Comissão mista aprova texto que recria a autoridade nacional de dados

06/05/2019
Google promete ferramenta para mais privacidade na navegação

06/05/2019
Teles dos EUA são processadas por venderem geolocalização dos clientes

03/05/2019
Autoridade de dados será votada na terça, 7/5, com várias mudanças na MP

02/05/2019
Governo dos EUA quer comitê da privacidade no Facebook

25/04/2019
Sabatina, mandato e prazo para virar autarquia reforçam autoridade de dados

25/04/2019
Autoridade de Dados, no Executivo, não terá reconhecimento internacional

Destaques
Destaques

Com 5G, Internet das coisas entra no radar dos bancos no Brasil

Muitas instituições financeiras estão com a área de inovação trabalhando para entender como usar a Internet das Coisas em seus serviços, diz o diretor de Tecnologia da Federação Brasileira de Bancos, Febraban, Gustavo Fosse.

País ativa 2 milhões de chips 4G por mês

Primeiro trimestre do ano terminou com 136 milhões de acessos LTE ativos, ou praticamente 60% dos celulares em serviço.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

O potencial pouco explorado da Internet das Coisas

Por Daniel Kriger*

A grande mudança que a Internet das Coisas (IoT – Internet of Things) trará para a vida das pessoas está além da facilidade de se preparar um café, programar um banho quente ou economizar na conta de luz. Dar conectividade a objetos e abrir espaço para comandos inteligentes em inúmeras tarefas do dia a dia é um dos principais propósitos de IoT. Mas não é só isso.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site