Home - Convergência Digital

Teles pedem medidas pró 5G e governo acena com Decreto para antenas

Convergência Digital - Carreira
Luís Osvaldo Grossmann - 15/05/2019

A efetiva implantação do 5G no Brasil vai exigir fortes investimentos em infraestrutura, notadamente na modernização das redes de telecomunicações, mas esse é um esforço que anda esbarra em entraves burocráticos que não foram superados sequer para o 4G. O alerta foi feito pelas operadoras de telecomunicações durante debate sobre o tema na Comissão de Ciência e Tecnologia da Câmara nesta quarta, 15/5.

“Algumas questões precisam ser ressaltadas. No caso das antenas, a demanda vai crescer exponencialmente, até pelo uso de faixas mais altas do espectro de radiofrequência. Mas essa demanda de infraestrutura é um entrave. A regulamentação municipal de licenças, a burocracia excessiva, os prazos, são entraves. Só em São Paulo há 2,8 mil pedidos sem liberação. O que já é um problema sério e será ainda mais para o 5G”, afirmou o diretor regulatório do Sinditelebrasil, Sérgio Kern.

Não se trata de uma questão nova. Ainda em 2015 foi aprovada a apelidada Lei das Antenas (13.116/15), que pretendia simplificar as exigências de licenciamento, mas que acabou esvaziada com o veto presidencial do trecho mais significativo daquela legislação, a adoção do ‘silêncio positivo’, ou seja, a aprovação tácita dos pedidos que não fossem respondidos em até 60 dias.

De sua parte, o governo sugere que vai superar essa falta na regulamentação daquela lei. “Estamos em vias de publicar um decreto com a regulamentação da Lei das Antenas. E entendemos que por meio do decreto será possível endereçar algumas questões, por exemplo, o conceito de uma small cell, que a lei já diz que deve ser dispensada de licença. Também queremos endereçar a questão do silêncio positivo”, afirmou o secretário de telecomunicações do MCTIC, Vitor Menezes.

“Para ter sucesso, o 5G precisa dos investimentos do setor privado. Mas os benefícios têm um preço, que é a instalação de mais antenas, não somente nas grandes torres, mas também em ambientes fechados, postes de iluminação, estruturas prediais. Essa é uma questão que precisa ser resolvida”, emendou o vice-presidente do CPqD, Alberto Paradisi.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

18/09/2019
TVs defendem migração da banda C para Ku e calculam custo em R$ 2,9 bilhões

09/09/2019
Na América Latina, 33% da população ainda não têm acesso ao celular

06/09/2019
TIM, Ericsson e Inatel inauguram laboratório 5G

06/09/2019
Brasil terá um ganho de R$ 40 bilhões por uso de faixas milimétricas no 5G

04/09/2019
Samsung anuncia produção de chip integrado 5G para celular

29/08/2019
Teles temem disparada no preço do leilão 5G

28/08/2019
EUA e Austrália pressionam Brasil sobre riscos à segurança nacional com o 5G

26/08/2019
Algar Telecom testa 5G em laboratório na faixa de 3,5GHz

23/08/2019
América Latina tem menos de 20% de espectro disponível para novos serviços móveis

21/08/2019
5G vai chegar a quase 60% da população em 2025

Destaques
Destaques

América Latina tem menos de 20% de espectro disponível para novos serviços móveis

Mesmo o Brasil, que tem 609 MHz de espectro destinado aos serviços, fica bem abaixo dos 1960Mhz recomendados pela União Internacional das Telecomunicações (UIT) para 2020.

5G vai chegar a quase 60% da população em 2025

Tecnologia vai crescer muito mais rápido do que qualquer outra geração sem fio, revela estudo de megatências feito pela Huawei. O estudo também prevê que o volume anual de dados globais chegue a 180 ZB (1 ZB = 1 trilhão de GB).

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Carro autônomo: decisões baseadas em dados vão evitar acidentes?

Por Rogério Borili *

O grande debate é que a inteligência dos robôs precisa ser programada e, embora tecnologias como o machine learning permitam o aprendizado, é preciso que um fato ocorra para que a máquina armazene aquela informação daquela maneira, ou seja, primeiro se paga o preço e depois gerencia os danos.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site