Home - Convergência Digital

Projeto "W.A.S.P" foi o vencedor do Hackathon Unisys -Mauá

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital - 28/05/2019

A equipe vencedora do Hackathon Unisys - Mauá, realizado no dia 23 de maio, foi a "177013", formada por alunos do Instituto Mauá de Tecnologia. Breno Thomaz Savanini (19), Caio Petrelli Cominato (20), Gabriel Euzébio Dicieri (23), Guilherme Tagliati da Silva (19) e Raphael de Jesus João Ilias (21). Eles levaram o prêmio de R$ 3000,00 e desenvolveram o projeto "W.A.S.P", um sistema que permite o monitoramento de anomalias sonoras em áreas urbanas para identificar situações de risco, como batidas de carro e disparos de arma de fogo, e alertar instantaneamente as autoridades competentes.

"A ideia do projeto surgiu despretensiosamente em um dia em que estávamos na varanda de casa e percebemos o grande volume de informação sonora que recebemos. Então, pensamos em como utilizar esses dados de alguma maneira que pudesse contribuir de forma inteligente para uma maior eficiência no trânsito", afirma Gabriel Dicieri, aluno do curso de Engenharia da Computação da Mauá.

Em segundo lugar, com o prêmio de R$ 2 mil, ficou a equipe "FlaTech", formada por Anna Flávia Castro (18), da Faculdade Impacta de Tecnologia, Filipe dos Santos Pugliesi (20) e Lucas Machea de Almeida (18), do Instituto Mauá de Tecnologia. O time desenvolveu o projeto "Universidades Seguras", que consiste na criação de um software de gestão da segurança, integrado com câmeras de reconhecimento facial e detecção de movimento, para rastrear e localizar pessoas dentro do campus.

"Foi uma grata surpresa conquistar o segundo lugar na competição. Sem dúvida alguma, o apoio dos mentores da Unisys e da Mauá foi fundamental para desenvolvermos o projeto até chegar a um modelo aplicável ao mercado. Fico muito feliz em representar o público feminino na área de tecnologia e honrada em ser a primeira mulher a ganhar o Hackathon da Unisys!", comenta Anna Flávia Castro, aluna de Sistemas da Informação da Faculdade Impacta de Tecnologia.

Na terceira colocação, a equipe vencedora do prêmio de R$ 1 mil foi a "Caiu um Botão". Gabriel Soares Campanário (22), João Pedro Ceragioli Correa (21) e Kevin Yuki Okawa Iiyama (21), do Instituto Mauá de Tecnologia, apresentaram o projeto "Salva-vias", que tem como objetivo automatizar o monitoramento e envio de alertas sobre enchentes e problemas no trânsito.

"O grande objetivo de nosso Hackathon em parceria com a Mauá foi o de fomentar inovações na área de segurança digital nos centros urbanos para que as cidades se tornem não apenas mais digitais, como também mais seguras. Como empresa, temos a missão de proteger as operações de nossos clientes por meio do uso de tecnologias de ponta, e, ao levar esse conhecimento a uma nova geração de jovens, apoiamos o crescimento e o amadurecimento do mercado", comenta Eduardo Almeida, presidente da Unisys para a América Latina.

Além do prêmio em dinheiro, a equipe vencedora terá a oportunidade de apresentar o projeto à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Turismo, Tecnologia e Inovação de São Caetano do Sul. O time também levará o projeto ao Board executivo da Unisys na América Latina e ainda receberá mentoria técnica e financeira da Unisys pelo período de três meses. Todos os projetos apresentados e fotos do evento estão disponíveis no site: hackathonunisys.com.br/.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

18/06/2019
Unisys: nenhum dispositivo, nenhum software, nenhum usuário é confiável

28/05/2019
Projeto "W.A.S.P" foi o vencedor do Hackathon Unisys -Mauá

14/05/2019
Unisys/Mauá prorrogam inscrições para maratona de inovação em São Paulo

08/04/2019
Mesa redonda sobre cibersegurança acontece no dia 10 de abril, em Brasília

29/03/2019
Unisys promove hackathon sobre segurança das cidades digitais

20/03/2019
Unisys abre 90 vagas no Brasil. São 200 na América Latina

04/12/2018
Dados Pessoais: Unisys diz que tempo é curto e adequação exige a presença do CEO

14/09/2018
Hackathon busca game de resposta a incidentes

17/07/2018
Funcionários brasileiros burlam regras de segurança de TI por software e apps

17/07/2018
Brasil está no top 3 dos negócios globais da Unisys

Veja mais artigos
Veja mais artigos

A urgência de cultivar talentos para TIC no Brasil e no mundo

Por Breno Santos*

A transformação digital ainda é um desafio para muitas empresas no Brasil e a aplicação estratégica das novas soluções deve acontecer por meio de equipamentos e mão de obra qualificada.

Destaques
Destaques

TICs vão demandar 700 mil novos profissionais na Indústria em cinco anos

Dados são do Mapa do Trabalho Industrial, feito pelo SENAI, que indicam ainda a urgência na qualificação de 10,5 milhões de trabalhadores em ocupações industriais por conta da indústria 4.0. Um dos especialistas em alta é o condutor de processos robotizados, com um incremento de 22% no número de vagas.

Dizer não é saudável para o ambiente de trabalho

A posição é defendida pelo diretor geral da Robert Half, Fernando Mantovani. Segundo ele, acumular tarefas e colocar prazos em conflito é um risco alto.

Técnicos são os que mais procuram especialização em Big Data

Cursos voltados para desenvolvimento Full Stack e Segurança Cibernética também são bastante demandados. No caso do big data, dos alunos formados nesta área, 45% possuem mais de 10 anos de experiência (sênior); 36% até nove anos (pleno) e 19% até três anos (recém-formados).

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site