Home - Convergência Digital

Empresas de TI de Santa Catarina estão com mais de 700 vagas

Convergência Digital - 06/06/2019

Segundo o Relatório Setorial de TIC 2019 da Brasscom sobram vagas e falta mão de obra na tecnologia, a perspectiva é que até 2024 o setor deva demandar 420 mil novos profissionais. Em 2018 o segmento tech empregou mais de 1 milhão de pessoas e gerou mais de 43 mil novos empregos no Brasil. Do total de empregos gerados, 28 mil são dos subsetores de Software e Serviços, segmento que, segundo o relatório, possui maior potencial de crescimento para os próximos anos.

O relatório apurou também que a oferta de profissionais capacitados é de apenas 42 mil por ano. "Atualmente as empresas de tecnologia já estão competindo pelos melhores profissionais, por isso muitas dessas organizações acabam investindo em ferramentas para reterem talentos, engajarem times e até mesmo proporcionar capacitação para aqueles que ainda não estão qualificados. Há muita oportunidade para ser explorada", comenta Bruno Rodrigues, CEO da GoGood, empresa que promove inovação no RH através da saúde corporativa.

Em Santa Catarina, um dos principais polos de inovação do país, o setor já representa 5,6% do PIB. O estado emprega mais de 47 mil pessoas e conta com mais de 16 mil empreendedores de tecnologia, segundo dados do Observatório ACATE - panorama 2018. Mesmo em Santa catarina, onde o capital humano é destaque no estado — como mostrou o último Índice Cidades Empreendedoras (ICE), da Endeavor — falta mão de obra e sobram vagas.

"A causa dessa carência de mão de obra é a falta de profissionais qualificados para assumirem os cargos disponíveis. Para resolver esse problema de maneira eficiente só tem uma saída: investir em qualificação", comenta Eduardo Varela, CEO da Codenation, startup que desenvolve programas de capacitação para pessoas que já estão na área de tecnologia ou têm interesse em migrar para este segmento.

A startup Nift, primeira plataforma de entrevistas de emprego por chatbot do Brasil e acelerada pelo Darwin Startups, criou um mapa que reúne as vagas abertas em empresas de tecnologia de Blumenau, Florianópolis e Joinville. Os usuários podem acompanhar as oportunidades neste link.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

03/07/2020
Startups do Cubo Itaú têm mais de 500 vagas de trabalho em aberto

17/06/2020
Qintess anuncia 243 vagas para transformação digital

10/06/2020
Instituto Eldorado abre 80 vagas na área de TI em Manaus

10/06/2020
TOTVS busca profissionais para monitoramento de dados e cloud

08/06/2020
Empresas têm mais de 200 vagas abertas para profissionais de TI

03/06/2020
Empresas de TI no DF querem adiar negociação salarial para outubro

14/05/2020
Empresa de TI abre vagas para trabalho 100% remoto

13/05/2020
Procura pela Carteira de Trabalho digital cresce 105% em 30 dias

13/05/2020
Cubo Itaú abre 160 vagas para desenvolvedores em startups

13/05/2020
Contratação imediata em tempos de Covid-19

Ciência de dados: a profissão do agora e do futuro

Em alta, o profissional cientista de dados é buscado em áreas como medicina, varejo, bancos, telecom, entre outros. Um bom especialista tem formação multidisciplinar e visão holística do negócio.

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Seis dicas para formar uma equipe de trabalho resiliente

or Craig Mackereth*

Formar uma equipe ou força de trabalho resiliente não é tarefa que se execute da noite para o dia. Tampouco é possível tornar uma equipe verdadeiramente resiliente se isso ainda não estiver integrado ao DNA da empresa.

Destaques
Destaques

Teletrabalho: medo de perder emprego cria obrigação de ficar 100% online

Pesquisa do LinkedIn aponta que 68% dos brasileiros têm trabalhado de uma a quatro horas a mais por dia por conta de estarem em home office. Maior parte reclama de ansiedade e estresse. Maioria também reclama da ausência dos colegas de trabalho, mas 43% se sentem mais produtivos com o trabalho remoto.

TST suspende demissões na Dataprev enquanto durar crise da Covid-19

Trabalhadores alegaram que os prazos acordados no fim da greve não terão como ser integralmente cumpridos diante da situação emergencial com a epidemia do coronavírus. 

TST: Teletrabalho tem de respeitar os contratos vigentes

Corte aponta, no entanto, que em situações emergenciais, como a atual crise da Covid-19, a adoção da jornada online temporária prescinde formalização, mas deve respeitar leis trabalhistas. 

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site