Home - Convergência Digital

GSMA: Sem os chineses, custo do 5G na Europa vai crescer US$ 62 bilhões

Convergência Digital - 07/06/2019

Um relatório da GSMA, entidade global que representa cerca de 750 operadoras, antecipado pela Agência Reuters, nesta sexta-feira, 06/06, constata que a proibição de compra de equipamentos de telecomunicações de empresas chinesas adicionará cerca de 62 bilhões de dólares ao custo de redes 5G na Europa e atrasará o uso da tecnologia em 18 meses.

A estimativa de 62 bilhões de dólares reflete o total de custos adicionais implícitos por uma proibição total de compras da Huawei e da ZTE para a implantação de redes 5G na Europa. Os dois fornecedores chineses têm uma participação de mercado combinada na União Europeia superior a 40%.

“Metade disso (do custo adicional) deve-se ao fato de as operadoras europeias vão ser impactadas pelos custos mais altos de implantação após uma significativa perda de concorrência no mercado de equipamentos móveis”, destaca o relatório.

Alguns países da Europa tendem a apoiar o banimento proposto pelo Governo Donald Trump, mas, que nesse momento, há uma negociação em curso, uma vez que foi concedido um prazo de 90 dias para se tentar encontrar uma saída para o impasse comercial  entre os Estados Unidos e a China.


Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

17/09/2020
Telcomp vai ao STF contra leis que impedem antenas a 50 metros de residências em São Paulo

16/09/2020
Vale vai investir em laboratório 5G

15/09/2020
5G vai atrasar se teles tiverem que pagar limpeza da Banda C

10/09/2020
Minicom: Governo Bolsonaro não vai intervir na venda dos ativos da Oi

10/09/2020
5G avança sobre espectro não licenciado

10/09/2020
Brasil: No 5G, não feche as portas à China e aos EUA

08/09/2020
Qualcomm: 5G vai mudar o uso da computação em nuvem

08/09/2020
5G precisa garantir segurança jurídica aos investimentos, diz Minicom

08/09/2020
Brasil não pode perder bonde da história com 5G, diz Hamilton Mourão

02/09/2020
Open RAN cresce a taxas de dois dígitos e vai chegar a US$ 5 bilhões em 2024

Destaques
Destaques

Claro: Sem antenas, São Paulo fica fora do 5G

CEO da Claro, Paulo Cesar Teixeira, criticou a miopia de executivos que ainda insistem em colocar restrições à implantação de antenas, como acontece na cidade de São Paulo. "5G é a grande plataforma para permitir um salto econômico mais vigoroso", advertiu.

Covid-19 não é desculpa e Brasil perde dinheiro e status ao atrasar o 5G

O mundo não vai esperar o Brasil resolver seus problemas e o 5G está acontecendo, advertiu o consultor sênior da Omdia, Ari Lopes. Governo terá de decidir se busca investimentos de longo prazo ou de curto prazo. Omdia prevê um impacto de US$ 1,1 trilhão no Brasil de 2021 a 2025.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Internet 5G traz disrupção para Telecomunicações até no modelo de negócio

Por Eduardo Grizendi*

Na RNP, estabelecemos um objetivo estratégico ambicioso – o de prover uma ciberinfraestrutura, segura, de alto desempenho e disponibilidade e, ao mesmo tempo, ubíqua, onipresente, em qualquer lugar e a qualquer hora, para nossas comunidades de educação, pesquisa e inovação.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site