GESTÃO

Fazer APIs open banking é fácil, difícil é garantir a inviolabilidade

Ana Paula Lobo e Pedro Costa ... 24/06/2019 ... Convergência Digital

A transformação digital traz novas oportunidades para o mercado financeiro – e para os prestadores de soluções. Como destacou o diretor e fundador da Fóton, Mario Malagutti, durante o CIAB Febraban 2019, os novos modelos expõem fragilidades que nem sempre vinham sendo devidamente endereçadas pelas instituições.

Os modelos tecnológicos para garantir a segurança através de aplicações são padronizados, mas muitas vezes não são seguidos, advertiu Malagutti. “Trabalhamos com ATMs, com caixas bancários, e ainda que existam modelos bem definidos para garantir inviolabilidade de senha, a gente vê que mesmo bancos grandes não seguem.”

A chegada do open banking impõe a adoção dos modelos tradicionais de segurança, que são “difíceis, custosos, complexos, mas têm de ser adotados”, enfatizou ainda Malagutti. “É um eterno gato e rato. Alguém sempre vai tentar quebrar. O que existe é forte, mas precisa ser seguido”, insistiu o executivo.

As novas ameaças são igualmente um incentivo, há no mercado uma dificuldade com a questão de invasões de hackers e a abertura para as APIs dá margem a uma possível fragilidade. “Disponibilizar APIs é fácil. Difícil é fazer isso de forma que garanta a segurança, a inviolabilidade, o sigilo.” Assistam à entrevista com o diretor da Fóton, Mario Malagutti.


eSocial: Recolhimento previdenciário de maio adiado para novembro

Gestão do sistema avisa que vai ajustar a DCTFWeb para emitir DARF com os novos vencimentos. 

Governo abre espaço às fintechs para cessão de empréstimo às PMEs

Ministério da Economia diz que o fundo garantidor de R$ 15,9 bilhões do Tesouro Nacional já foi liberado às instittuições. Hoje apenas o Bancoop está apto a habilitar o crédito, mas está liberada a participação das fintechs, bancos cooperados e dos bancos tradicionais.

Ex-presidente dos Correios assume o ITI

ATUALIZADA - Carlos Roberto Fortner, que comandou a ECT em 2018, como o Convergência Digital antecipou foi nomeado para o cargo. Atual presidente do Instituto Nacional de Tecnologia da Informação, Marcelo Buz, se despediu do posto pelas redes sociais. 

Serpro procura imóvel para nova sede em Brasília e espera cortar custo em 30%

Ao pedir ofertas a interessados, estatal indica buscar espaço menor que atual e com capacidade para 700 funcionários. Atualmente são cerca de 1,1 mil. Movimento será repetido nos estados. 




  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G