Home - Convergência Digital

Huawei: "Vamos manter os altos investimentos em 5G"

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital - 24/06/2019

Na 11ª edição do Encontro de Grupos de Usuários, que acontece esta semana em Wuzhen, na China, e que tem como tema 'Redefinindo o futuro juntos', o diretor executivo da Huawei e CEO da área de carrier (operadoras),Ryan Ding, enfatizou que segurança cibernética e privacidades são prioridades da companhia. Evento reúne cerca de 500 representantes da indústria de telecomunicações do mundo.

"Garantimos a segurança das redes 5G das operadoras com nossos produtos seguros e serviços confiáveis", assegurou o executivo. Ele lembrou que produtos seguros são possíveis graças à participação ativa da Huawei no projeto 5G Security Assurance Specification da 3GPP. A Huawei também oferece suporte ao Esquema de Garantia de Segurança de Equipamentos de Rede (NESAS), definido em conjunto pela 3GPP e GSMA Para garantir serviços confiáveis, a Huawei segue a ISO 27001 e aplica-se ativamente a mais certificações de segurança de terceiros.

Ding disse ainda que, ao passar de 4G para 5G, as operadoras terão diferentes focos de negócios em cada uma das quatro fases: planejamento, implantação, operações e otimização.  No 5G, o interesse da Huawei é oferecer soluções ponta a ponta para atender aos requisitos de negócios das operadoras com o objetivo de trazer o melhor da nova tecnologia para a realidade

"A visão da Huawei é tornar o mundo digital real para todas as pessoas, lares e organizações, para um mundo totalmente conectado e inteligente. O 5G será uma tecnologia fundamental para esse cenário. Vamos manter os altos investimentos em 5G e trabalhar com nossos clientes e parceiros para fazer dessa visão é uma realidade", concluiu Ding.

Nos últimos 30 anos, a Huawei operou em mais de 170 países e regiões ao redor do mundo, implantou 7,4 milhões de linhas FTTx e construiu mais de 800 datacenters em nuvem. A Huawei assegurou mais de 200 grandes eventos e manteve mais de 1500 redes e suas operações tranquilas. A Huawei trabalhou com 17 dos 30 principais CSPs globais em gerenciamento de experiência do cliente e 24 CSPs em excelente melhoria de rede.

Sem mencionar o embate com os Estados Unidos, o presidente do Departamento de Serviço Técnico Global da Huawei, Bill Tang, assinalou que "como uma parceira confiável, a Huawei investe continuamente em pessoas, plataformas de negócios e competências para assegurar redes confiáveis ​​e disponíveis".  A China Mobile, a China Unicom, a China Telecom, a Vodafone, a Orange, a Elisa (Finlândia), a Etisalat (Emirados Árabes) partilharam as suas melhores práticas em 5G e IA e como pensam no futuro. No Brasil, desde 2018, a Huawei já fez testes de 5G com todas as principais operadoras de telefonia. Em seus 11 anos, a Reunião do Grupo de Usuários da Huawei já contou com quase 3.000 clientes.

Fonte: Huawei

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

22/07/2019
Governo dos EUA convoca reunião com empresas para discutir boicote à Huawei

17/07/2019
Marketing excessivo e Fake News minam a confiança do usuário no 5G

04/07/2019
5G vence WiFi e será o padrão dos carros conectados na Europa

03/07/2019
Embargo dos EUA à Huawei pesa no bolso e reduz o lucro da Samsung

03/07/2019
Venda de smartphone 5G vai dar um salto de 1200% em 12 meses no mundo

02/07/2019
MCTIC abre consulta pública para definir a estratégia para 5G no Brasil

01/07/2019
Trump cede à pressão interna e autoriza venda de produtos à Huawei

26/06/2019
Florianópolis quer ser cidade laboratório do 5G no Brasil

26/06/2019
TIM faz piloto de 5G em 'rede viva' em Florianópolis

26/06/2019
Governo de Brasília retoma Parque Tecnológico com laboratório de 5G e incubadora

Destaques
Destaques

Varejo x bancos: carteira digital vira superaplicativo

Superados os obstáculos iniciais, mercado não financeiro acelera estratégia para ficar com preferência dos consumidores.

Para injetar R$ 200 bilhões na economia, IoT tem de ficar livre das amarras tributárias

Relator da proposta de tributo zero para Internet das Coisas, deputado Eduardo Cury, do PSDB/SP, disse que o setor precisa municiar o Parlamento com dados para convencer à Casa a conceder a desoneração.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

O potencial pouco explorado da Internet das Coisas

Por Daniel Kriger*

A grande mudança que a Internet das Coisas (IoT – Internet of Things) trará para a vida das pessoas está além da facilidade de se preparar um café, programar um banho quente ou economizar na conta de luz. Dar conectividade a objetos e abrir espaço para comandos inteligentes em inúmeras tarefas do dia a dia é um dos principais propósitos de IoT. Mas não é só isso.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site