Home - Convergência Digital

Serpro: Acordo prevê reajuste de 3,55% e mantém plano de saúde

Convergência Digital - Carreira
Luís Osvaldo Grossmann - 04/07/2019

Trabalhadores e direção do Serpro chegaram a um entendimento sobre o novo acordo coletivo, firmado a partir de 1º/7 no Tribunal Superior do Trabalho. O acerto prevê reajuste equivalente a 70% da inflação dos 12 meses terminados em maio, o que equivale a uma correção de 3,55%, retroativa a 1º/5. 

Como indicado pela Fenadados, o acordo com a estatal teve algumas dificuldades, especialmente por envolver potenciais alterações em uma série de cláusulas do acordo coletivo. Houve pequenas alterações em temas como prorrogação da licença-maternidade, parcelamento de férias e terceirização.

Um dos pontos mais negociados, no entanto, foi o plano de saúde. Em sua maior parte, os termos da assistência à saúde foram remetidos a um regulamento interno, mas com previsão no acordo coletivo das condições de reembolso, por exemplo. Particularidades decididas na Justiça que afetam Ceará e Rio Grande do Sul também foram mantidas. 

Uma mudança no acordo, porém, se deu sobre o pagamento de horas extras, cujos adicionais de 70%, para dias úteis, e 120%, para fins de semana, foram reduzidos para 50%. A mudança deve afetar o cálculo relativo aos bancos de hora também. 

Os termos do acordo pode ser conferidos neste link

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

23/01/2020
Governo abre mão das estatais de TICs e oficializa venda do Serpro

22/01/2020
Secretário de Desestatização acusa Serpro e Dataprev de venderem dados pessoais

21/01/2020
Serpro corrige falhas e restabelece serviços da Receita Federal

16/01/2020
Falha em equipamentos do Serpro causa instabilidade em serviços da Receita

16/01/2020
Governo diz que não vai vender dados de Serpro e Dataprev, mas pode terceirizar custódia

15/01/2020
Trabalhadores do Serpro aprovam 'estado de greve' contra privatização

13/01/2020
Serpro pode demitir até 3 mil e fechar 16 escritórios

13/01/2020
TST: É discriminação negar emprego a quem tem nome 'sujo'

08/01/2020
Serpro fecha um contrato de R$ 34,8 milhões com o Governo Federal até 2025

19/12/2019
Serpro abre cadastro para terceirizar codificação de software

Veja mais artigos
Veja mais artigos

A urgência de cultivar talentos para TIC no Brasil e no mundo

Por Breno Santos*

A transformação digital ainda é um desafio para muitas empresas no Brasil e a aplicação estratégica das novas soluções deve acontecer por meio de equipamentos e mão de obra qualificada.

Destaques
Destaques

Déficit de mão de obra na América Latina será de 570 mil profissionais em 2020

Empresas da região vão investir nas tecnologias da terceira plataforma - cloud, analytics, Inteligência Artificial - e vão requisitar cada vez mais especialistas em programação e desenvolvimento, projeta estudo da IDC América Latina.

Análise de requisitos define sucesso ou morte dos projetos de TI

Como demonstra o professor e pesquisador Marcos Kalinowski, do departamento de informática da PUC-RJ, especificação boa ou ruim pode triplicar a produtividade ou aumentar em até 50% os custos. O professor da PUC-RJ coordena um projeto de pesquisa na área de Engenharia de Requisitos que envolve mais de 50 pesquisadores de 20 países.

Negócios na nuvem vão gerar 491 mil empregos diretos no Brasil até 2024

A batizada, 'economia Salesforce', formada pelo ecossistema de parceiros e clientes da companhia, vai gerar nos próximos seis anos, 780 mil empregos indiretos e uma receita de R$ 247 bilhões em novos negócios. Transformação digital será responsável por 50% dos gastos com software e computação em nuvem.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site