Home - Convergência Digital

Ex-Secretário da SEPIN assume Movimento Brasil Digital

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital - 16/07/2019

O ex-secretário da SEPIN no Governo Temer, Thiago Camargo, é o novo CEO do Movimento Brasil Digital (MBD), articulação que reúne mais de 30 grandes empresas de tecnologia, de ArcelorMittar a Zup. Missão é propor mais discussões com o governo sobre tecnologia e inovação na capacitação e produção de inteligência nos setores público e privado.

Camargo é conhecido por sua passagem como secretário de políticas digitais e secretário de políticas de TI do MCTIC durante o governo do presidente Michel Temer, tendo participado de projetos relacionados ao Plano Nacional de IoT (PNIoT) e à Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).  Ele também atuou como chefe de gabinete da Secretaria de Meio Ambiente, subsecretário de Planejamento e subsecretário de Ciência, Tecnologia e Inovação em Goiás e conselheiro do CONAMA.

Atualmente é membro do Conselho Gestor da Internet (CGI.br), sócio-fundador do escritório de advocacia Alencar Lopes Esteves e professor associado da Fundação Dom Cabral. Formado em direito pela Universidade Católica de Goiás, Camargo possui pós-graduação em direito ambiental e urbanístico pela Universidade Anhanguera e mestrado de administração pública pela Columbia University de Nova Iorque, EUA.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

Veja mais artigos
Veja mais artigos

A urgência de cultivar talentos para TIC no Brasil e no mundo

Por Breno Santos*

A transformação digital ainda é um desafio para muitas empresas no Brasil e a aplicação estratégica das novas soluções deve acontecer por meio de equipamentos e mão de obra qualificada.

Destaques
Destaques

TICs vão demandar 700 mil novos profissionais na Indústria em cinco anos

Dados são do Mapa do Trabalho Industrial, feito pelo SENAI, que indicam ainda a urgência na qualificação de 10,5 milhões de trabalhadores em ocupações industriais por conta da indústria 4.0. Um dos especialistas em alta é o condutor de processos robotizados, com um incremento de 22% no número de vagas.

Técnicos são os que mais procuram especialização em Big Data

Cursos voltados para desenvolvimento Full Stack e Segurança Cibernética também são bastante demandados. No caso do big data, dos alunos formados nesta área, 45% possuem mais de 10 anos de experiência (sênior); 36% até nove anos (pleno) e 19% até três anos (recém-formados).

Agile reescreve a carreira do desenvolvedor de software

Ao mudar a entrega dos serviços – quebrando a prática dos longos projetos –, a metodologia também exige novos profissionais.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site