TELECOM

Venda de ativos vai manter investimentos da Oi acima de R$ 7 bilhões

Luís Osvaldo Grossmann ... 15/08/2019 ... Convergência Digital

Focada na estratégia de ‘fibra até a casa’, ou FTTH, a Oi anota que já tem 2,5 milhões de casas passadas em 68 cidades e cerca de 291 mil clientes, ou mais de 10% de ocupação. A meta é encerrar 2019 com fibra passada em 4,6 milhões de casas, e 16 milhões até 2021. 

“Quanto ao Capex, vamos superar os R$ 7 bilhões este ano, na verdade chegaremos a R$ 7,5 bilhões. E para o ano que vem esperamos também algo em torno de R$ 7 bilhões. Esperamos venda da Unitel até o quarto trimestre deste ano, como divulgado em nosso plano, e estamos confiantes em ter caixa para manter os investimentos”, afirmou o diretor financeiro da operadora, Carlos Brandão, ao apresentar resultados do segundo trimestre nesta quinta-feira, 14/8.

Além da mencionada participação na operadora Unitel, de Angola, a Oi já avisou que quer vender torres, datacenters e imóveis, em uma série de desinvestimentos sobre o que considera ativos não essenciais e que calcula renderem mais de R$ 7 bilhões. 

A empresa informou, ainda, que já neste segundo semestre de 2019 devem começar a aparecer resultados da desativação de orelhões – houve uma queda de 38%, para 396 mil aparelhos. “No primeiro semestre tivemos custos para desativação de telefones públicos e esperamos capturar ganhos no segundo semestre, mas o impacto geral só no ano que vem”, disse Brandão. 

Resultado financeiro

A receita líquida total da Oi ficou em R$ 5,091 bilhões no segundo trimestre, queda de 8,2% no comparativo anual. No semestre, foi de R$ 10,221 bilhões, recuo de 8,8%. A companhia justifica que todos os segmentos foram impactados pela queda do tráfego de voz, mas ressalta o crescimento da receita de dados no segmento móvel, da receita do FTTH residencial e do TI do corporativo, que compensaram parcialmente a queda.

A receita que mais caiu foi a residencial: 12,1% no trimestre (total de R$ 1,857 bilhão) e 13,4% no semestre (R$ 3,738 bilhões). O segmento de mobilidade pessoal totalizou R$ 1,691 bilhão (recuo de 3,7%) e R$ 3,390 bilhões (queda de 3,8%). O B2B foi responsável por R$ 1,418 bilhão, redução de 7% no trimestre. No acumulado do ano, totalizou R$ 2,834 bilhões, queda de 7,7%.

Com a redução de receitas, o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (EBITDA) de rotina caiu 22,1% e encerrou o período de abril a junho com R$ 1,218 bilhão. Considerando desde janeiro, o EBITDA de rotina foi de R$ 2,468 bilhões, recuo de 21,3%. A margem EBTIDA de rotina foi respectivamente de 23,9% (recuo de 4,3 pontos percentuais) e de 24,1% (queda de 3,8 p.p.).

O caixa disponível foi 17,4% no trimestre, total de R$ 4,296 bilhões. A companhia investiu nos três meses R$ 2,061 bilhões (50,7% a mais), e R$ 3,766 bilhões no semestre (51,7% de crescimento), especialmente com foco em expansão de FTTH e cobertura 4G. Assim, o fluxo de caixa operacional (EBITDA – Capex) de rotina ajustado foi negativo em R$ 469 milhões no trimestre e R$ 571 milhões no semestre, revertendo fluxo de caixa positivo registrado em 2018.



Internet Móvel 3G 4G
Com apps ecológicos, equipes do Brasil vencem concurso da NASA

Equipes premiadas elaboraram projetos para contribuir com a limpeza dos oceanos e outro desenvolveu um sistema para identificar vazamento de óleo nos mares. Mais de 20 mil pessoas participaram do hackathon promovido pela agência norte-americana.

Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições

Sem definição no Senado, Carlos Baigorri assume como substituto na Anatel

Nome do superintendente de Outorgas e Recursos à Prestação da agência continua à espera de sabatina, desde outubro de 2019, pela Comissão de Infraestrutura.

Oi, Oi Futuro e Ministério da Cidadania integram Tecnologia à história das Telecomunicações

Espaço MUSEHUM-Museu das Comunicações e Humanidades - utiliza novas tecnologias como realidade vritual, 3D, celular e games para reportar a trajetória do mercado brasileiro.

MPF usa analytics para fiscalizar telefonia móvel

Câmara do Consumidor e da Ordem Econômica do Ministério Público Federal usa ferramenta que compila dados da Anatel para orientar promotores em cidades com “índices críticos”. 

Rede de IoT da American Tower atinge 220 cidades

Segundo a empresa, rede IoT/LoRaWAN trafegou mais de 1,7 bilhão de mensagens no ano passado, especialmente, nos segmentos de gestão de frota e ativos.




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G