Home - Convergência Digital

Semantix abre vagas para 20 cientistas de dados

Convergência Digital* - 16/08/2019

A Semantix, referência na oferta de tecnologia em Big Data Analytics e Inteligência Artificial, inicia seu projeto de expansão e internacionalização da marca. A empresa possui 60 vagas abertas nos níveis Pleno e Sênior para Engenheiro de Dados e Cientista de Dados. As posições são para as unidades de Pinheiros, Alphaville, Vila Olímpia, Osasco e Interlagos, em São Paulo (SP).

Ao todo, são 40 cargos disponíveis para Engenheiros de Dados e mais 20 para Cientistas de Dados. O prazo de inscrição é indeterminado, ou seja, até o preenchimento do quadro de colaboradores. O horário de trabalho é das 9h às 18h em qualquer uma das unidades disponíveis.

Cientista de Dados – Requisitos e Atividades

Para o cargo de Cientista de Dados é essencial ter experiência em modelagem e grande volume de dados e implementações de algoritmos de ML, lógica de programação e banco de dados SQL, desenvolvimento com Scala, Go, Shiny, Hadoop, R, Phyton e/ou Java, conhecimento de métodos de Machine Learning e Estatística Avançada.

O profissional vai ser responsável pelo levantamento de requisitos para estudo de dados, análise de problemas de negócio, geração de modelos preditivos, avaliação de modelos preditivos e comunicação de dados e resultados para a área de negócios. O projeto é para atuar em um dos maiores players bancários do país.

Engenheiro de Dados – Requisitos e Atividades

Já para a vaga de Engenheiro de Dados, a empresa exige desenvolvimento em Phyton, Java e/ou Scala, desenvolvimento orientado a objetos, experiência com testes automatizados em SQL e Git (fluente). Além disso, é desejável conhecimento em Rstudio, Hive, Impala, Elastic, Spark e Ambiente AWS.

Entre suas funções estão o desenvolvimento orientado a teste com uso de padrões de desenvolvimento, geração de relatórios e documentação do projeto, busca/pesquisa de novas ferramentas ou tecnologias do mercado, desenvolvimento de aplicações orientadas a serviço, tratamento/extração e análise de dados para ingestão em clusters de Big Data e afins, análises estatísticas e uso de modelos matemáticos/computacionais para solução de problemas e executar apresentações para explorar e expor os resultados obtidos.

O interessado que atenda aos requisitos deve enviar o currículo citando a vaga de interesse para o e-mail sejaumsemantico@semantix.com.br.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

23/06/2020
Metade das empresas no Brasil não confia na própria análise dos dados

01/06/2020
Empresa brasileira de big data e analytics recebe aporte de R$ 120 milhões

29/05/2020
Serpro e Economia criam ‘Mapa de Empresas’, com Big Data das Juntas Comerciais

28/04/2020
Apenas 4% das empresas usam big data nos negócios no Brasil

30/03/2020
Big data e IA para saúde fazem Semantix comprar a Tradimus

28/11/2019
Big data é o negócio da Serasa Experian

27/11/2019
Petrobras usa supercomputador Santos Dumont para testes em tempo real

12/09/2019
Zipp, supermercado 100% online, expande operação com análise de dados em tempo real

09/09/2019
Teles fazem prova de conceito com a FICO por tomada de decisão

19/08/2019
FGV do Rio abre inscrição para vestibular para Ciência de Dados

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Seis dicas para formar uma equipe de trabalho resiliente

or Craig Mackereth*

Formar uma equipe ou força de trabalho resiliente não é tarefa que se execute da noite para o dia. Tampouco é possível tornar uma equipe verdadeiramente resiliente se isso ainda não estiver integrado ao DNA da empresa.

Destaques
Destaques

Teletrabalho: medo de perder emprego cria obrigação de ficar 100% online

Pesquisa do LinkedIn aponta que 68% dos brasileiros têm trabalhado de uma a quatro horas a mais por dia por conta de estarem em home office. Maior parte reclama de ansiedade e estresse. Maioria também reclama da ausência dos colegas de trabalho, mas 43% se sentem mais produtivos com o trabalho remoto.

TST suspende demissões na Dataprev enquanto durar crise da Covid-19

Trabalhadores alegaram que os prazos acordados no fim da greve não terão como ser integralmente cumpridos diante da situação emergencial com a epidemia do coronavírus. 

TST: Teletrabalho tem de respeitar os contratos vigentes

Corte aponta, no entanto, que em situações emergenciais, como a atual crise da Covid-19, a adoção da jornada online temporária prescinde formalização, mas deve respeitar leis trabalhistas. 

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site