TELECOM

Anatel aprova edital e venda das licenças da Sercomtel aguarda TCU

Luís Osvaldo Grossmann ... 17/09/2019 ... Convergência Digital

A Anatel aprovou o edital de licitação para vender outorgas e licenças detidas pela Sercomtel, concessionária que atende a paranaense Londrina e 15 cidades da região mas que enfrenta uma complicada crise financeira. Além das licenças para prestar telefonia fixa, local e internacional, móvel e banda larga, também serão oferecidas as autorizações de uso das faixas 800 MHz e 1,8 GHz. 

A Sercomtel enfrenta dificuldades há pelo menos uma década – nos últimos 10 anos, só teve mais receitas que despesas uma única vez, em 2014. Um ano antes, em 2013, a Anatel começou a observar a empresa mais de perto e alertar por medidas de reversão de rumo. São mais de R$ 200 milhões em prejuízos acumulados e nas contas da agência, a necessidade de outros R$ 100 milhões em investimentos. 

Ainda assim, a decisão dividiu o Conselho Diretor da Anatel. A maioria acompanhou o relator Emmanoel Campelo na proposta de edital, mas Aníbal Diniz abriu divergência e foi acompanhado por Vicente Aquino. Para ambos, a aprovação do PLC 79/16 deveria ser levada em conta, assim como a transformação da concessão da Sercomtel em autorização, e não a licitação. 

Campelo, Leonardo de Morais e Moisés Moreira preferiram manter em curso o plano original, apesar dos pleitos da própria Sercomtel. Com isso, o edital já está aprovado e prevê a oferta, em diferentes lotes, das licenças e autorizações já mencionadas. Falta, agora, o crivo do Tribunal de Contas da União. Enquanto isso, o processo caducidade das outorgas da Sercomtel, aberto ainda em 2017, fica à espera. 


Internet Móvel 3G 4G
Claro monta show com holograma para demonstrar uso do 5G

Concerto que celebrou 50 anos do Led Zeppelin no Allianz Parque, em São Paulo, usou realidade virtual na apresentação da Nova Orquestra com participação à distância do músico Lucas Lima. 

Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições

Anatel simplifica e zera custo para homologar produtos de Telecom

"A isenção da taxa é imediata e vale para todos os produtos homologados pela Anatel – inclusive radioamadores, drones e produtos importados para uso do próprio usuário”, disse o presidente da Agência Reguladora, Leonardo Morais.

Anatel: Tirando Oi, Telefônica, Claro, TIM e Sky todas as demais são pequenas prestadoras

Critério mudou de 50 mil acessos para 5% de cada mercado relevante, telefonia fixa e móvel, internet e TV paga.  Definição permite a isenção de uma série de obrigações regulatórias.

Acordo entre Enel e teles tenta novo mutirão de ‘limpeza’ dos postes em SP

Meta de limpar 1,8 mil postes até dezembro foi acertada com Vivo, Claro, TIM, Oi e Telcomp e o Procon-SP. 

Teles fazem campanha por conta digital sem papel

Segundo Sinditelebrasil, 76 milhões de clientes ainda recebem faturas impressas todos os meses – em média, 152 milhões de folhas. 




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G