TelComp: preservar a concorrência é obrigação do novo Marco de Telecom

Ana Paula Lobo e Rodrigo dos Santos ... 24/09/2019 ... Convergência Digital

Passada a fase de aprovação do PLC 79 no Congresso Nacional, a discussão, agora, tem de centrar em como os investimentos prometidos serão feitos, afirma o presidente-executivo da TelComp, João Moura."Não haverá apoio a obrigação a investimentos ineficazes, mas não se pode ter investimentos que já seriam feitos pelas empresas na troca de obrigações e que acabem dando vantagens competitivas. Precisamos saber quanto e como serão feitos esses investimentos de forma transparente", declara o executivo em entrevista à CDTV, do portal Convergência Digital.

Buscar modelos diferentes de atuação, a partir da mudança legal que está por vir, é um dos temas do XII Seminário TelComp 2019, que acontecerá no dia 12 de novembro, em São Paulo. Para João Moura, o momento é o de inovar e de buscar opções para que novos atores entrem no ecossistema. " O compartilhamento dos bens que serão construídos é uma das medidas a serem discutidas, assim como a realização de leilões reversos”, sugere.

Para João Moura, é urgente que órgãos do governo se coordenem em prol de uma política para o desenvolvimento digital. "Não se pode perder tanto tempo como estamos perdendo. O que importa é a fibra funcionando bem para que novos negócios sejam gerados", preconiza.

A plataforma SNOA, sistema eletrônico de “compra” e “venda” de acesso a redes de telecomunicações, criada pela Anatel em 2013, poderia vir a ser um facilitador, mas ela teria de passar por uma reformulação. "A Agência terá de rever as questões de precificação, que simplesmente não estão funcionando", sintetiza o presidente-executivo da TelComp. Assistam a entrevista com João Moura, da TelComp.


Internet Móvel 3G 4G
Proteja os seus dispositivos IoT. A LGPD chegou e pode pesar no bolso

As corporações estão obrigadas a repensar a proteção de dados. Atualizações constantes, trocas de senhas, autenticação em dois fatores são exemplos de medidas básicas que precisam ser massificadas. 

Oi entra na disputa do mercado de marketplaces para consolidar marca de consumo

Plataforma OiPlace chega ao mercado com mais de 3 mil produtos. Tele também incluiu canal ao vivo no Oi Play, a partir da mudança da regra de conteúdo na Internet pela Anatel.

Em três meses, Anatel e PF apreendem mais equipamentos irregulares que em todo 2019

Somente entre julho e setembro deste 2020 foram 243,7 mil equipamentos sem certificação, entre baterias, carregadores, TV boxes, smartwatches e conversores digitais com Wi-Fi.

5G: Teles insistem em filtro nas parabólicas e rejeitam migração da TV

Estudo contratado pelas operadoras diz que mitigação da inferências do 5G nas antenas custaria R$ 224 milhões, enquanto transferir a recepção para a Banda Ku, acima de 10 GHz, seria R$ 1,8 bilhão. 

Para vender Correios, Minicom transforma Anatel em Agência Nacional de Comunicações

O ministro das Comunicações, Fábio Faria, à Presidência da República o projeto de lei (PL) que cria as condições para a privatização dos Correios. Texto vai para o Congresso. Expectativa é fazer a privatização em 2022.

Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G