TELECOM

Anatel dá dois meses para Claro devolver faixa de 850 MHz da Nextel

Luís Osvaldo Grossmann ... 30/09/2019 ... Convergência Digital

A Anatel publicou nesta segunda, 30/9, no Diário Oficial da União, a decisão favorável à compra da Nextel pela Claro, negócio anunciado ainda em março deste 2019, por R$ 3,47 bilhões. Mas ao autorizar a aquisição sem condicionantes, a agência exigiu a devolução de espectro na faixa de 850 MHz que excede o limite permitido por operadora. 

Como previsto na Resolução 703/18, cada operadora não pode concentrar mais de 35% da quantidade de espectro em faixas de frequência abaixo de 1 GHz. Mas com a Nextel isso acontece nas subfaixas 806-821 MHz e 851-866 MHz, notadamente no Pará, Amazonas, São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre e Brasília, sendo que em Judiaí (SP), ultrapassa 40%. 

Adicionalmente, a autorização da Anatel também fixou um prazo de 18 meses para que sejam eliminadas as sobreposições de outorgas que existirem entre as duas prestadoras, bem como a devolução do Código de Seleção de Prestadora da Nextel (99). 

No início deste setembro a compra da Nextel pela Claro já tinha sido autorizada, igualmente sem restrições, pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica. O Cade entendeu que as dimensões do negócio combinado não abalam significativamente o mercado de telefonia móvel nacional, daí o entendimento de que a rivalidade existente afasta preocupações concorrenciais. 


Internet Móvel 3G 4G
Claro monta show com holograma para demonstrar uso do 5G

Concerto que celebrou 50 anos do Led Zeppelin no Allianz Parque, em São Paulo, usou realidade virtual na apresentação da Nova Orquestra com participação à distância do músico Lucas Lima. 

Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições

Anatel simplifica e zera custo para homologar produtos de Telecom

"A isenção da taxa é imediata e vale para todos os produtos homologados pela Anatel – inclusive radioamadores, drones e produtos importados para uso do próprio usuário”, disse o presidente da Agência Reguladora, Leonardo Morais.

Anatel: Tirando Oi, Telefônica, Claro, TIM e Sky todas as demais são pequenas prestadoras

Critério mudou de 50 mil acessos para 5% de cada mercado relevante, telefonia fixa e móvel, internet e TV paga.  Definição permite a isenção de uma série de obrigações regulatórias.

Acordo entre Enel e teles tenta novo mutirão de ‘limpeza’ dos postes em SP

Meta de limpar 1,8 mil postes até dezembro foi acertada com Vivo, Claro, TIM, Oi e Telcomp e o Procon-SP. 

Teles fazem campanha por conta digital sem papel

Segundo Sinditelebrasil, 76 milhões de clientes ainda recebem faturas impressas todos os meses – em média, 152 milhões de folhas. 




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G