INTERNET

Governo questiona necessidade de regras para vídeo sob demanda

Convergência Digital ... 07/10/2019 ... Convergência Digital

A Comissão de Assuntos Econômicos do Senado debateu nesta segunda-feira, 7/10, o projeto de  lei 57/18, que regulamenta serviços de vídeo sob demanda pela internet, como Netflix e Amazon Prime, inclusive em questões de tributação e conteúdo nacional. 

A audiência pública levantou uma série de dúvidas, a começar pela real necessidade de regulação desse mercado, como apontada pelo Ministério da Economia, ao questionar se não seria melhor reduzir a regulação dos competidores desses serviços, como a TV paga. 

“É necessário regular? Existe realmente uma assimetria regulatória, mas devemos subir o sarrafo ou baixar do outro lado? Essa é a pergunta que merece ser respondida”, disse o subsecretário de Competitividade e Concorrência em Inovação e Serviços do Ministério da Economia, Marcelo Ramos. 

Nessa mesma linha, o diretor geral da Abert, Cristiano Flores, argumentou que o mercado de VOD é ainda novo para já estar submetido a regramentos específicos. “É um mercado muito prematuro. Ele tem um potencial de crescimento muito grande, mas não é adequada uma regulamentação tão densa como está proposta.” 

Diretamente afetada, a representante da Netflix questionou os mecanismos de espaço para conteúdo nacional. “Se um dos pilares do PLS 57 é garantir a presença do conteúdo brasileiro nesse novo mercado, parece que a discussão de alternativas de fomento e incentivo ao investimento no audiovisual brasileiro seria o caminho mais acertado”, disse a diretora de políticas públicas da empresa, Paula Pinha. 


Google reage à multa de US$ 2,6 bi e acusa Europa de travar a Inovação

A Comissão Europeia já aplicou multas de 8,25 bilhões de euros à empresa norte-americana, acusada na maior parte de adotar práticas anticoncorrenciais.

WhatsApp suspende 5 mil contas/mês no Brasil

"As nossas ações com uso de tecnologias, como Inteligência Artificial, não significam que mudamos a estratégia. A criptografia é uma ferramenta essencial para garantir a privacidade do cidadão", sustentou o diretor de Políticas Públicas para Aplicativos de Mensagens na América Latina, Pablo Bello. O executivo participou de debate sobre o dia mundial da Internet Segura.

Requisição de dados no exterior precisa de 'ajuste fino',diz ministro do STF

Para Moro, tribunais não devem abrir mão da jurisdição sobre dados no exterior

Na audiência do STF sobre o acesso a informações de brasileiros em datacenters fora do país, ministro da Justiça alegou que país não deve abrir mão da soberania sobre crimes praticados no Brasil. 

TJSP: iFood é responsável por furto cometido em entrega

“Vínculo autônomo não passa de nome para relações contratuais intensamente desiguais: uma economicamente robusta empresa perante desempregados ou mal remunerados de um dos países mais desiguais do mundo”, diz a decisão.

Revista Abranet 29 . dez/nov 2019 - jan 2020
Veja a Revista Abranet nº 29 Abranet teve uma atuação intensa em 2019, encaminhando contribuições públicas para consolidar uma internet produtiva, livre e inovadora. Futurenet: entidade discute tendências de mercado e tecnologia. Veja a revista.
Clique aqui para ver outras edições

Acompanhe a Cobertura Especial do II Congresso Brasileiro de Internet - Abranet

Empresas da Internet pedem mais segurança jurídica

“O Marco Civil da Internet trouxe base sólida para criar parâmetros para se ter lei mínima para a Internet seguir avançando, mas, infelizmente, vemos varias iniciativas tentando modifica-lo", afirmou o presidente da Abranet, Eduardo Parajo.

Acompanhe a Cobertura Especial do II Congresso Brasileiro de Internet

  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G