Home - Convergência Digital

Falta estratégia no Brasil para qualificar pessoas em Tecnologia

Por Roberta Prescott - 16/10/2019

A qualidade da mão de obra é uma preocupação da secretaria municipal de Desenvolvimento Econômico e Trabalho da cidade de São Paulo. Em sua apresentação na ABES Software Conference, realizada no dia, 14/10 em São Paulo, e também na entrevista exclusiva em vídeo com a CDTV, a secretária Aline Cardoso, afirmou que há um grande potencial para Brasil se beneficiar das ondas tecnológicas, visto que é a sétima economia em tecnologia, mas é necessário que a mão de obra se aproxime da disrupção que vem acontecendo.

"Existe uma demanda de 70 mil profissionais por ano pelos próximos sete anos e hoje formadas apenas 40 mil pessoas em tecnologia por ano", disse, fazendo referência ao estudo publicado pela Brasscom. "O desafio é que existem poucas pessoas que têm se interessado em trabalhar com tecnologia, há pouca oferta para qualificação da mão de obra em tecnologia e pouca capacidade de se preparar as pessoas", apontou.

Para ela, é necessário agir em várias frentes: desde melhorando o ensino de matemática até despertando o interesse das pessoas em tecnologia para que sejam criadoras de tecnologia e, assim, contribuam para geração de inovação e maior democratização. "Como gerar esta massa crítica de interesse é um desafio, assim como aumentar a diversidade", disse.  

Durante o debate no evento da ABES, a secretária de Desenvolvimento Econômico chamou a atenção para o fato de que, mesmo que o crescimento do Produto Interno Bruto seja retomado, há uma parte dos desempregados que não deve conseguir trabalho. "Estamos passando por mudança estruturantes, então, mesmo se a economia crescer muito, ainda teremos lacunas a preencher e gente desempregada. Vemos que o crescimento de MEIs é grande, mas hoje está acontecendo não por oportunidade e, sim, por necessidade", ressaltou, completando que as pessoas têm interesse em tecnologia como consumidoras, não para produzir. Assistam a entrevista com Aline Cardoso.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

16/09/2020
Software brasileiro cresce 10%, puxado por nuvem e internet das coisas

07/07/2020
ABES: Software cobra transparência do ministério da Economia

08/06/2020
Covid-19: Brasil sabe fazer software para 'jogar o jogo' global do digital

28/05/2020
Profissional de IA tem de gostar de fazer a tecnologia acontecer

26/05/2020
IA feita no Brasil salva vidas ao monitorar três milhões de pacientes

09/03/2020
Software e serviços de TI contrataram 30 mil novos profissionais em 2019

07/11/2019
Ser humano faz a Aura,da Vivo, ser uma IA diferente

04/11/2019
Ericsson: "Temos que colocar nossas melhores cabeças para ganhar o mundo com o 5G"

21/10/2019
Empresários precisam mostrar crescimento para ter acesso a capital

18/10/2019
Autoridade de Dados vai ser a fiscal do compartilhamento de dados do Governo

Cientista de dados: seja investigativo, analítico e curioso

Não há um perfil delimitado para o cientista de dados, o que significa que ele pode ser um 'profissional mais rodado e experiente' ou uim jovem recém-saído das universidades. Mas há um ponto essencial: a multidisciplinaridade, aponta o professor e especialista em ciência de dados do Instituto de Gestão e Tecnologia da Informação (IGTI), João Carlos Barbosa.

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Seis dicas para formar uma equipe de trabalho resiliente

or Craig Mackereth*

Formar uma equipe ou força de trabalho resiliente não é tarefa que se execute da noite para o dia. Tampouco é possível tornar uma equipe verdadeiramente resiliente se isso ainda não estiver integrado ao DNA da empresa.

Destaques
Destaques

Um em cada cinco servidores públicos será substituído por robô no Brasil

A Escola Nacional de Administração Pública estima que, por conta da Transformação Digital, a automação deverá substituir cerca de 100 mil postos de trabalho no Serviço Público Federal nos próximos cinco a 10 anos, sendo que a metade deles terá menos de 50 anos.

Acordo trabalhista em Goiás será pago em Bitcoins

Em conciliação realizada pelo TRT de Goiás, empresa de mineração aceitou o pagamento no valor de R$350 mil convertidos na moeda eletrônica. 

Teletrabalho: Novo PL quer acordo prévio para custos com Internet e PCs

Iniciativa também não permite que o tempo de uso dos aplicativos, como o WhatsApp, fora da jornada normal, seja um regime de prontidão. Projeto tem regras distintas da IN 65 do Governo Bolsonaro para os servidores públicos.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site