Home - Convergência Digital

Vivo fará conectividade IoT para caminhões da Mercedes Benz

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital - 23/10/2019

A Vivo Empresas, segmento B2B da Telefônica Brasil, vai gerir toda a conectividade dos dispositivos baseados em internet das coisas do novo caminhão da Mercedes-Benz, Actros, que chega ao mercado como sendo o primeiro digital do Brasil, com base em telemetria, inteligência artificial, algoritmos e automatização. 

Com chegada ao Brasil no início de 2020, o caminhão agrega o MB Uptime, plataforma de comunicação da fabricante, que permite que o gestor gerencie os dados e, acima de tudo, se comunique com todos os participantes do processo. E com aplicativos para ajudar o motorista no dia a dia da condução do caminhão. 

“Com a iniciativa, o SIM Cards se torna um componente eletrônico e passa a ser embarcado nos equipamentos durante o processo de fabricação dos dispositivos’, explica o head de IoT, Big Data e Inovação B2B da Vivo, Diego Aguiar. “Este tipo de tecnologia é a tendência do mercado IoT, pois potencializa um novo modelo de negócio com as indústrias de manufatura, principalmente no setor automotivo com seus projetos de veículos conectados”, acrescenta. 

Além da conectividade móvel embarcada de fábrica, a Vivo também oferecerá à Mercedes-Benz a gestão de todas suas linhas por meio da plataforma de conectividade, a Kite Platform. “Isso significa, em linhas gerais, que a Mercedes-Benz conseguirá fazer uma gestão avançada e segura de seus dispositivos diretamente pela plataforma, podendo habilitar ou desabilitar serviços, acompanhar o status da conexão em tempo real, sua localização, coletar informações sobre o dispositivo IoT conectado à linha, e até mesmo evitar uma utilização indevida de um dispositivo não autorizado” acrescenta Aguiar. 

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

19/02/2020
Vivo: Controle de segurança sobre a Huawei é igual a de qualquer fornecedor

19/02/2020
Qualquer ativo que estiver à venda no móvel interessa a Vivo

18/02/2020
Conexão das coisas será quase a metade dos acessos à Internet no Brasil em 2023

14/02/2020
É urgente fazer software inteligentes para avançar Internet das Coisas no Brasil

10/02/2020
Bosch usa o Tinbot, robô brasileiro, para ampliar negócios em IoT

31/01/2020
Financiamento para IoT no BNDES recebe propostas até o dia 07

22/01/2020
Vivo chega a 10 milhões de dispositivos conectados à IoT

16/01/2020
Rede de IoT da American Tower atinge 220 cidades

07/01/2020
O carro será uma Internet das Coisas

19/12/2019
TIM e Vivo terão rede única 2G, 3G e 4G

Destaques
Destaques

Governo do Brasil ainda avalia restringir Huawei na implantação do 5G

MCTIC estuda a publicação de um novo Decreto, ou em forma de Portaria, com normas para cibersegurança específicas para o setor de telecomunicações. A estratégia Nacional de Segurança Cibernética, recém-lançada pelo Governo, tratou - de forma genérica- o tema 5G.

5G exigirá uso de requisitos mínimos de Segurança Cibernética

Tecnologia é apontada como 'uma revolução na comunicação de dados, no potencial de emprego de equipamentos de Internet das Coisas e na prestação de novos e disruptivos serviços".

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Carro autônomo: decisões baseadas em dados vão evitar acidentes?

Por Rogério Borili *

O grande debate é que a inteligência dos robôs precisa ser programada e, embora tecnologias como o machine learning permitam o aprendizado, é preciso que um fato ocorra para que a máquina armazene aquela informação daquela maneira, ou seja, primeiro se paga o preço e depois gerencia os danos.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site