Convergência Digital - Home

Com aval do CADE, IBM e Red Hat integram times no Brasil

Convergência Digital
Ana Paula Lobo - 03/12/2019

Com o aval dado pelo CADE à aquisição bilionária da Red Hat pela IBM no Brasil - a compra ficou em US$ 34 bilhões - os times técnicos e de vendas estão sendo integrados, conta o VP de Watson e de Cloud da IBM Brasil, Marcelo Braga. Mas a promessa feita pela IBM de manter a Red Hat independente está mantida mundialmente.

"Estamos provando que somos Open e que ouvimos os nossos clientes que querem ter opções. A Red Hat se mantém com as suas estruturas, mas estamos trabalhando em conjunto. Até porque 70% dos workloads na nuvem são open", reiterou Braga, em encontro com a imprensa realizado nesta terça-feira, 03/12, em São Paulo.

Multicloud é a estratégia da IBM para consolidar os negócios na nuvem, mas Braga admite que, no Brasil, ainda precisa de uma preparação para entender a necessidade de ser, efetivamente, livre das amarras de um único fornecedor. "A nuvem com diferentes fornecedores exige governança dos clientes para que eles saibam lidar com os seus fornecedores. Ser open é a prova que queremos e sabemos lidar com todos", pontuou Braga.

No final de agosto, a IBM anunciou que terá, no final de 2020, o primeiro datacenter Multizone Region da plataforma IBM Cloud na região, ação que deverá acirrar ainda mais a disputa entre os grandes players no mercado local de infraestrutura na nuvem, uma vez que o datacenter local reduz tempo de respostas, reduz delay (latência) e potencializa a oferta de novos serviços.

Do ponto de vista regulatório, o Tribunal do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) ainda vai julgar o Procedimento Administrativo para Apuração de Ato de Concentração (APAC) com o objetivo de verificar eventual prática de gun jumping – quando uma operação é consumada sem a autorização prévia do órgão antitruste - por parte da IBM no anúncio da compra da Red Hat no Brasil. Se for considerada culpada, a IBM poderá levar uma multa que pode variar de R$ 60 mil a R$ 60 milhões. O julgamento ainda não foi marcado e não interfere no aval concedido pelo mesmo CADE para a compra da Red Hat pela IBM.



Destaques
Destaques

IDC: mercado de nuvem pública vai chegar a R$ 15 bilhões em 2020

Mercado de TI brasileiro vai crescer 5,8% impulsioando pelos negócios de clóud computing e pela aceleração do mercado de software. Nuvem privada tem a preferência das grandes empresas e fica com até 25% do orçamento destinado à TI.

BRK Ambiental, CTG Brasil e Via Varejo aderem à nuvem na jornada digital

Empresas implementaram a plataforma SAP S/4HANA para sustentar a estrastégia digital. Os negócios de cloud tiveram forte impacto na receita da SAP Brasil.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Desafios às empresas: Contêineres, Orquestração e Microsserviços

Por Lenildo Morais*

Com o padrão “multi-edge edge computing”, o tráfego e os serviços de TI mudam de uma nuvem centralizada para micro-nuvens espalhadas o mais próximo possível dos usuários. As operadoras terão que oferecer serviços sob demanda, e mesmo em tempo real, para atender a todos os tipos de aplicativos.

Você já pensou no impacto que os seus dados geram no planeta?

Por Gustavo Loiola*

Hoje, são milhares de data centers espalhados pelo Planeta. É engraçado pensar nisso quando hoje falamos da tal da “nuvem" que armazena os nossos dados. Tiramos uma foto? Vai para a nuvem. Postamos no Instagram? Vai para a nuvem. Netflix, Spotify, Deezer? O streaming também está na nuvem.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site