Home - Convergência Digital

Videoentrevistas gratuitas foram usadas em 501 processos seletivos em função da Covid-19

Convergência Digital* - 09/07/2020

A VAGAS.com, especializada na área de recrutamento e seleção, anunciou em março a liberação gratuita de 1000 minutos de sua ferramenta de videoentrevista para seus clientes. A medida, adotada desde 23 de março e válida enquanto a quarentena durar, tem como objetivo principal apoiar no combate ao coronavírus, permitindo que milhares de empresas continuassem com seus processos sem a necessidade de deslocamento dos profissionais .

Durante esse período, 61 clientes da companhia aproveitaram esse benefício, disponível para empresas usuárias da plataforma de Recrutamento VAGAS for business.Foram cerca de 5,5 mil minutos de utilização da solução em 501 processos seletivos, contando com a participação de aproximadamente 2,3 mil candidatos.

"Durante esse período oferecemos gratuitamente essa solução aos nossos clientes para que continuassem realizando seus processos seletivos sem interrupção e com toda a segurança que o momento exige. Elas puderam perceber que esse tipo de ferramenta é essencial num momento como este e que faz toda a diferença para que suas contratações sejam mais assertivas e eficientes", explica Leonardo Vicente, especialista em Marketing da VAGAS.com.

A solução pretende reduzir o tempo de seleção e recrutar os melhores candidatos durante a fase de entrevistas. Além disso, ela oferece informações aos profissionais de RH, apoiando e elevando a tomada de decisão. Quando o candidato grava o seu material, a partir da tecnologia aplicada à ferramenta, o profissional que recebe e analisa o conteúdo tem à disposição informações valiosas como: nuvem de palavras com os termos mais usados durante a gravação do vídeo, transcrição do áudio em texto, possibilidade de inserção de comentários, entre outros recursos. Isso ajuda a entender a afinidade do candidato com a vaga proposta.

"Digamos que a entrevista seja para um cargo da área financeira, na medida em que o candidato usa termos inerentes à área, como "orçamento", "negociação", "balanço", etc. tudo isso fica registrado e ajuda o RH a compreender um pouco mais da experiência do candidato nos primeiros contatos. Essas palavras mostram se o candidato tem aderência à vaga proposta. Isso é apenas um exemplo aleatório, mas que faz parte da ferramenta", conta Leonardo, da VAGAS.com.

A ferramenta, desenvolvida pela equipe de tecnologia e Ciência de Dados da VAGAS.com, foi pensada com o cuidado para não realizar nenhum juízo de valor com base em expressões demonstradas pelo candidato durante a gravação do vídeo.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

18/09/2020
Paul Krugman: crise econômica está longe de passar no mundo

18/09/2020
Bradesco: Empresas entenderam na dor as mudanças impostas pela Covid-19

17/09/2020
Natura: sistemas na nuvem foram aliados para enfrentar a Covid-19

16/09/2020
Claro e TIM, por R$ 3 milhões/mês, fornecem internet para 540 mil no Distrito Federal

09/09/2020
Volta ao escritório pós-Covid-19 chega a 62% até dezembro

03/09/2020
Sem interesse das teles, Brasília estuda isenção de ICMS para internet de alunos

02/09/2020
Governo retira Covid-19 da classificação de doença ocupacional

31/08/2020
Covid-19: software para laboratórios permite colher dados de 5 mil pacientes por dia

26/08/2020
Indústria eletroeletrônica cresce 4,5 mil vagas em julho

19/08/2020
Governo prorroga Pronampe, mas crédito às PMEs ainda aguarda R$ 12 bilhões

Cientista de dados: seja investigativo, analítico e curioso

Não há um perfil delimitado para o cientista de dados, o que significa que ele pode ser um 'profissional mais rodado e experiente' ou uim jovem recém-saído das universidades. Mas há um ponto essencial: a multidisciplinaridade, aponta o professor e especialista em ciência de dados do Instituto de Gestão e Tecnologia da Informação (IGTI), João Carlos Barbosa.

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Seis dicas para formar uma equipe de trabalho resiliente

or Craig Mackereth*

Formar uma equipe ou força de trabalho resiliente não é tarefa que se execute da noite para o dia. Tampouco é possível tornar uma equipe verdadeiramente resiliente se isso ainda não estiver integrado ao DNA da empresa.

Destaques
Destaques

Um em cada cinco servidores públicos será substituído por robô no Brasil

A Escola Nacional de Administração Pública estima que, por conta da Transformação Digital, a automação deverá substituir cerca de 100 mil postos de trabalho no Serviço Público Federal nos próximos cinco a 10 anos, sendo que a metade deles terá menos de 50 anos.

Acordo trabalhista em Goiás será pago em Bitcoins

Em conciliação realizada pelo TRT de Goiás, empresa de mineração aceitou o pagamento no valor de R$350 mil convertidos na moeda eletrônica. 

Teletrabalho: Novo PL quer acordo prévio para custos com Internet e PCs

Iniciativa também não permite que o tempo de uso dos aplicativos, como o WhatsApp, fora da jornada normal, seja um regime de prontidão. Projeto tem regras distintas da IN 65 do Governo Bolsonaro para os servidores públicos.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site