Home - Convergência Digital

Cursos técnicos integrados respondem por apenas 8% dos alunos matriculados no ensino médio

Ana Paula Lobo - 24/03/2021

Os cursos técnicos são essenciais para a atração de jovens para a carreira de Tecnologia, mas há muito por trabalhar, uma vez que, hoje, apenas 8% dos alunos matriculados no ensino médio cursam escolas técnicas integradas, como revelou Wandemberg Venceslau, secretário de Educação Profissional e Tecnológica do ministério da Educação, ao participar de debate Educação para as Novas Ocupações, mediado pela presidente da Microsoft, Tania Cosentino, e com a participação também d Prof. Dr. Alexandre Martins, Analista em Ciência e Tecnologia da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).

Um consenso entre os participantes do evento: Incentivar os cursos técnicos é absolutamente crucial. Até porque  a demanda por profissionais é crítica na área de TICs- são formados 46 mil por ano, mas há uma demanda maior e boa parte dos formados precisa passar por uma recapacitação, conforme afirmou a presidente da Microsoft, Tania Cosentino. Wandemberg Venceslau, do MEC, lembrou que, atualmente, existem 215 cursos na grade curricular do ministério e todos são ofertados pelo Catálogo Nacional de Cursos Técnicos (CNCT).

Para o professor Alexandre Martins, do CAPES, voltado para o curso superior, um dos pontos críticos para ter melhores profissionais é o da capacitação dos professores. "É claro que o professor precisa ter mais intimidade com a tecnologia, mas a inovação tecnológica não precisa ser cara ou excessiva. O professor tem de combinar conhecimento da tecnologia com capacidade para formar o social, para formar o aluno também na parte humana. A digitalização impõe esse cuidado", ponderou o especialista.

Ainda para Martins, seria necessário que mecanismos de incentivos fiscais, como a Lei do Bem pudesse ser usada para o fomento aos cursos técnicos. Wandemberg Venceslau, do MEC, contou que há iniciativas em curso no ministério para incrementar os cursos técnicos. Uma delas é a mentoria na educação profissional para 10 mil docentes, para a orientação dos alunos do nono ano, ainda em dúvida sobre as suas trajetórias pessoal e profissional. Também falou programa Qualifica+, criado no começo deste ano, com 6069 mil vagas e com cursos de qualificação 100% online com até 200 horas de duração.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

23/07/2021
IGTI abre inscrições para mais de 40 tipos de bootcamps em TI

23/07/2021
Salário de TI teve alta de 55% em São Paulo, Rio e BH

21/07/2021
BRQ abre 40 vagas de capacitação gratuita para mulheres

20/07/2021
SENAI-SP: Mais de 500 vagas gratuitas para cursos de qualificação em TI

19/07/2021
SAP oferece mais dois cursos gratuitos de capacitação nos sistemas SAP S/4HANA e SAP BTP

14/07/2021
Startup tem 1.500 bolsas de estudos para formar profissionais de TI

13/07/2021
Localiza oferece oito mil bolsas de estudo gratuitas para formar desenvolvedores

05/07/2021
Profissionais de TI: como reter talentos?

02/07/2021
CI&T abre 300 vagas para seu Programa de Estágio 2022

01/07/2021
Inter anuncia 10 mil bolsas de estudos para desenvolvedores Android

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Profissionais de TI: como reter talentos?

Por Ary Gatto*, CEO da Runtalent

Essa é a pergunta de um milhão de dólares. Não existe resposta correta, mas pela minha experiência, acredito que  os especialistas em TI buscam cada vez mais produtos e projetos inovadores, que tornem o dia mais prazeroso. É claro que dinheiro ainda é importante e fundamental, mas o cenário mudou.

Destaques
Destaques

Home Office foi realidade para apenas 11% dos trabalhadores no Brasil

Pesquisa feita pelo IPEA mostra que o setor privado respondeu por 63,9% do teletrabalho por conta da pandemia de Covid-19. 

Contratações em TIC cresceram 300% no 1ºtri e ainda assim foram insuficientes

Entre janeiro e março foram abertas 52.743 novas vagas, frente as 59.193 criadas ao longo do ano passado, segundo a Brasscom.

TRT-2 valida demissão feita pelo WhatsApp

A 18ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região confirmou a demissão de uma educadora de ensino infantil justificando que a OTT se 'tornou um grande aliado, especialmente em 2020, como ferramenta de comunicação como qualquer outra'.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site