Home - Convergência Digital

Vikstar insiste que acertou salários depois de a Vivo regularizar pagamentos

Ana Paula Lobo* - 14/04/2021

Pela primeira vez, a Vikstar, operadora de call center, se pronunciou oficialmente sobre os atrasos de salários de cerca de 8 mil colaboradores nos estados de São Paulo, Paraná e Piauí. A empresa, por meio de nota oficial, informa que efetuou o pagamento de 60% do salário referente ao mês de março aos trabalhadores de São Paulo, Paraná e Piauí nesta quarta-feira, 13/94. Promete ainda fazer o pagamento dos 40% restantes ainda nesta quarta-feira, 14/04.

Mas a Vikstar mantém a tese que está defendendo desde que os trabalhadores cruzaram os braços por falta de pagamento: o atraso aconteceu em função da Telefonica/Vivo. "O depósito dos salários foi normalizado após a operadora Telefonica/Vivo, que é cliente da Vikstar, ter regularizado o fluxo de pagamentos previsto no contrato de prestação de serviços existente entre as duas empresas".

Apesar disso, a Vikstar sustenta estar "empenhada em chegar a um entendimento com a Telefonica/Vivo para viabilizar a continuidade do contrato e a manutenção dos postos de trabalho atualmente empenhados a serviço da operadora." O Convergência Digital publica a íntegra da nota oficial da Vikstar.

A Vikstar informa que efetuou no dia 13 de abril o pagamento de 60% do salário referente ao mês de março de seus 8 mil colaboradores atuantes nos estados de São Paulo, Paraná e Piauí e que o valor restante será depositado até o fim do dia 14 do mesmo mês. A empresa esclarece que o depósito dos salários foi normalizado após a operadora Telefonica/Vivo, que é cliente da Vikstar, ter regularizado o fluxo de pagamentos previsto no contrato de prestação de serviços existente entre as duas empresas. A direção da Vikstar está empenhada em chegar a um entendimento com a Telefonica/Vivo para viabilizar a continuidade do contrato e a manutenção dos postos de trabalho atualmente empenhados a serviço da operadora. A Vikstar continua a honrar as obrigações com seus colaboradores, conta com eles para a continuidade de suas operações. Nos últimos dois anos, a empresa ampliou o número de colaboradores em cerca de 30% e vai continuar a buscar seu espaço no mercado brasileiro de serviços de contact center e de terceirização de processos de negócios.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

02/08/2021
ex-CIO da Vivo assume o comando da Fibrasil, empresa de fibra ótica

28/07/2021
Vivo: Com Fibrasil, tele vai às compras para engolir provedores pelo caminho

27/07/2021
Na 'guerra' da fibra ótica, Vivo lucra R$ 1,3 bilhão no 2º trimestre

16/07/2021
Justiça reverte decisão e isenta Vivo em clonagem de WhatsApp

14/07/2021
Rede Neutra:Contrato de dez anos entre Vivo e FiBrasil é de R$ 15,3 bilhões

12/07/2021
Vivo tem meta que sua cadeia de fornecedores seja net zero até 2040

23/06/2021
Vivo é a operadora mais bem colocada em ranking de ESG do Brasil

09/06/2021
Vikstar/Telefónica: Funcionários denunciam quebra de acordo de demissão

07/06/2021
Com ajuda da IA, Vivo quer recondicionar 1,5 milhão de modems e decodificadores até dezembro

27/05/2021
Reclamações contra telemarketing crescem 76% até abril

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Profissionais de TI: como reter talentos?

Por Ary Gatto*, CEO da Runtalent

Essa é a pergunta de um milhão de dólares. Não existe resposta correta, mas pela minha experiência, acredito que  os especialistas em TI buscam cada vez mais produtos e projetos inovadores, que tornem o dia mais prazeroso. É claro que dinheiro ainda é importante e fundamental, mas o cenário mudou.

Destaques
Destaques

Home Office foi realidade para apenas 11% dos trabalhadores no Brasil

Pesquisa feita pelo IPEA mostra que o setor privado respondeu por 63,9% do teletrabalho por conta da pandemia de Covid-19. 

Contratações em TIC cresceram 300% no 1ºtri e ainda assim foram insuficientes

Entre janeiro e março foram abertas 52.743 novas vagas, frente as 59.193 criadas ao longo do ano passado, segundo a Brasscom.

TRT-2 valida demissão feita pelo WhatsApp

A 18ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região confirmou a demissão de uma educadora de ensino infantil justificando que a OTT se 'tornou um grande aliado, especialmente em 2020, como ferramenta de comunicação como qualquer outra'.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site