Clicky

Convergência Digital - Home

Análise de dados é usada por 77% dos varejistas no Brasil

Convergência Digital
Convergência Digital - 29/03/2021

Investimentos em automação e treinamento, assim como o uso das ferramentas de inteligência artificial nos pontos de venda estão em alta no Brasil. Segundo uma pesquisa da Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo (SBVC) em parceria com Oasis Lab Innovation Space, o orçamento dos varejistas para transformação digital praticamente dobrou (+87%) para 2021. 

Segundo a 3ª edição do estudo “Transformação Digital no Varejo Brasileiro”, o valor destinado à transformação digital passou de 0,39% para 0,73% do faturamento bruto das empresas varejistas em um ano. 

Para os entrevistados, esses investimentos resultam em “aumento do faturamento em vendas e aumento do engajamento do consumidor principalmente em canais digitais”.

“Em relação às principais ferramentas utilizadas estão soluções em meios de pagamento (94%) e análises de dados no ambiente online (77%). Soluções em logística (51%) é destacada como principal ferramenta de implementação nos próximos 12 meses”, diz o estudo.

A pesquisa mostra que o trabalho remoto avançou consideravelmente ao longo do ano passado e continua em evidência, “passando de 23% em 2019, 62% em 2020, para 85% em 2021 das empresas”. 

A SBVC monitora as 300 maiores empresas do varejo no Brasil. Na estudo sobre transformação digital, 33% das empresas ouvidas tinha faturamento até R$ 500 milhões; 19% até R$ 1 bilhão e 48% acima disso. 


Destaques
Destaques

Inteligência Artificial: Com estratégia certa, impacto de quatro pontos no PIB do Brasil até 2030

A inteligência artificial exige que se forme e qualifique profissionais no país, advertem especialistas. Para eles, a IA evoluiu e já passou da etapa de experimentação pra uso industrial. Para Fábio Cozman, da USP, a IA leva o país para a Sociedade 5.0, quando máquinas e seres humanos vão interagir de forma harmoniosa.

TCU cobra base de dados única do governo federal

Para a Corte, é responsabilidade da União criar uma base única de dados como forma de impedir fraudes.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Como ter nuvem sem reescrever sistemas e adequada à LGPD

Por Marco Wenna*

Como auditar e reescrever linhas de código em tempo hábil para essas migrações para a nuvem a um custo factível para que todas as linhas de código estejam em conformidade com a Lei Geral de Proteção a Dado? Esse é um desafio presente.

Serviços SaaS, proteção de dados e a LGPD

Por Eder Miranda*

Ter um plano abrangente de proteção adicional de dados para as plataformas SaaS é vital para os negócios, uma vez que as empresas não podem abrir sem ter o controle sobre o que está sendo protegido e sobre a maneira como isso está sendo feito pelos fornecedores de software como serviço.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site