Clicky

Convergência Digital - Home

Cortex vai às compras no mercado de big data

Convergência Digital
Convergência Digital - 12/02/2021

A Cortex concluiu a compra da ITB360, start-up especializada na coleta de dados sobre empresas para inteligência de vendas com mais de 17 mil fontes de dados em 150 países. A primeira aquisição da Cortex acontece após a empresa receber, em 2020, R﹩ 170 milhões dos fundos Softbank, Riverwood e Redpoint, no maior investimento em Big Data e Inteligência Artificial na América Latina.

De acordo com Leonardo Rangel, co-fundador e co-CEO da Cortex, a aquisição da ITB faz parte da estratégia da empresa de dar maior foco em soluções para inteligência de vendas. "Vai ser uma oferta bastante inovadora no mercado de Vendas. Uma solução ponta-a-ponta. Da geração de novas oportunidades com inteligência artificial, passando por enriquecimento dos dados dos clientes existentes e recomendações de upsell, indo até a mensuração e forecast de resultados de vendas", conta. Rangel diz que várias empresas foram testadas, mas que a  ITB360 possui um time fora da curva e clientes de peso como Oracle, SAP, Google, Amazon, Bayer, Randstad e Allianz.

Natan Reiter, fundador e CEO da ITB, lembra que a empresa é a única do Brasil a fazer parte do Global Data Alliance, coalizão de seletas empresas globais, comprometidas com os mais altos padrões de responsabilidade de utilização de dados. É uma junção de forças que vai mudar o jogo do mercado de inteligência de dados para vendas", afirmou. Com a compra da ITB360, a Cortex se consolida como a principal plataforma de inteligência de dados para Comunicação, Marketing e Vendas no país. A Cortex tem em seu portfólio grandes marcas como FCA, Unilever, Globo, SulAmérica, L'oreal, CCR, Ifood, entre outras espalhadas em mais de 20 setores da economia.


Destaques
Destaques

TIM elege a nuvem e mira não ter mais datacenter em 2023

Ao assumir estar no meio de uma jornada para ser uma operadora 100% baseada em dados, a CIO da TIM Brasil, Auana Mattar, conta como é trabalhar com três provedores: Google, Microsoft e Oracle. Ao participar do SAS Telco Summit 2021, a executiva observou: é importante estudar as aplicações e como elas se comunicam antes de migrá-las para computação em nuvem.

Inteligência Artificial: Com estratégia certa, impacto de quatro pontos no PIB do Brasil até 2030

A inteligência artificial exige que se forme e qualifique profissionais no país, advertem especialistas. Para eles, a IA evoluiu e já passou da etapa de experimentação pra uso industrial. Para Fábio Cozman, da USP, a IA leva o país para a Sociedade 5.0, quando máquinas e seres humanos vão interagir de forma harmoniosa.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Como ter nuvem sem reescrever sistemas e adequada à LGPD

Por Marco Wenna*

Como auditar e reescrever linhas de código em tempo hábil para essas migrações para a nuvem a um custo factível para que todas as linhas de código estejam em conformidade com a Lei Geral de Proteção a Dado? Esse é um desafio presente.

Serviços SaaS, proteção de dados e a LGPD

Por Eder Miranda*

Ter um plano abrangente de proteção adicional de dados para as plataformas SaaS é vital para os negócios, uma vez que as empresas não podem abrir sem ter o controle sobre o que está sendo protegido e sobre a maneira como isso está sendo feito pelos fornecedores de software como serviço.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site