Clicky

Convergência Digital - Home

Oi Soluções amplia oferta de serviço de segurança na nuvem

Convergência Digital
Convergência Digital - 11/06/2021

A Oi Soluções, provedora e integradora de soluções digitais para o mercado corporativo, ampliou seu portfólio de segurança cibernética com o lançamento do produto CASB SaaS (Cloud Access Security Broker- Software as a Service), que garante controle e segurança para as empresas na utilização de aplicações na nuvem. A companhia vem registrando crescimento na demanda por serviços de segurança cibernética e registrou aumento de cerca de 60% na sua receita em 2020, em comparação com o ano anterior.

A adoção da tecnologia cloud otimiza processos, facilita o trabalho colaborativo e reduz custos, mas traz também desafios corporativos na área de segurança. Soluções como  CASB SaaS da Oi Soluções aumentam a proteção contra riscos na nuvem, possibilitando uma série de benefícios para as organizações como gestão da permissão de usuários, visibilidade sobre a utilização dos aplicativos e prevenção do vazamento de dados.

O produto é 100% baseado em nuvem e não exige, portanto, infraestrutura física por parte das empresas. Outra vantagem são os relatórios de segurança e o suporte através do SOC (Security Operations Center) oferecidos pela equipe da Oi Soluções.  Atualmente, o SOC da Oi monitora mais 170 mil elementos em mais de 870 empresas.

“Neste momento de aceleração digital e de adoção do home office em larga escala, é fundamental garantir às empresas visibilidade e controle de dados fora do perímetro da rede, permitindo que as organizações estendam suas políticas de segurança para além de suas infraestruturas locais”, afirma Rodrigo Shimizu, diretor de Markekting da Oi Soluções.

A nova solução complementa o portfólio de segurança cibernética da Oi Soluções que já possui os serviços Segurança de Perímetro (MSS), Anti-DDoS, DNS Security, Endpoint Security EDR, VPN Corporativa, Autenticação Multifator, Análise de Vulnerabilidade e Web Aplication Firewall.

 

 


Destaques
Destaques

TIM elege a nuvem e mira não ter mais datacenter em 2023

Ao assumir estar no meio de uma jornada para ser uma operadora 100% baseada em dados, a CIO da TIM Brasil, Auana Mattar, conta como é trabalhar com três provedores: Google, Microsoft e Oracle. Ao participar do SAS Telco Summit 2021, a executiva observou: é importante estudar as aplicações e como elas se comunicam antes de migrá-las para computação em nuvem.

Inteligência Artificial: Com estratégia certa, impacto de quatro pontos no PIB do Brasil até 2030

A inteligência artificial exige que se forme e qualifique profissionais no país, advertem especialistas. Para eles, a IA evoluiu e já passou da etapa de experimentação pra uso industrial. Para Fábio Cozman, da USP, a IA leva o país para a Sociedade 5.0, quando máquinas e seres humanos vão interagir de forma harmoniosa.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Como ter nuvem sem reescrever sistemas e adequada à LGPD

Por Marco Wenna*

Como auditar e reescrever linhas de código em tempo hábil para essas migrações para a nuvem a um custo factível para que todas as linhas de código estejam em conformidade com a Lei Geral de Proteção a Dado? Esse é um desafio presente.

Serviços SaaS, proteção de dados e a LGPD

Por Eder Miranda*

Ter um plano abrangente de proteção adicional de dados para as plataformas SaaS é vital para os negócios, uma vez que as empresas não podem abrir sem ter o controle sobre o que está sendo protegido e sobre a maneira como isso está sendo feito pelos fornecedores de software como serviço.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site