Clicky

Convergência Digital - Home

Siemens vai usar Google Cloud para soluções industriais de IA

Convergência Digital
Convergência Digital - 19/04/2021

A Siemens e a Google anunciaram nesta segunda-feira,19/4, uma parceria para desenvolver implementações de inteligência artificial em casos de uso industriais. Mais especificamente, a Siemens está integrando a análise de dados do Google Cloud e recursos de IA em seu portfólio de automação de fábrica da Digital Industries. A integração dá ao Google um grande parceiro no espaço de manufatura, um dos seis principais setores que a empresa de nuvem tem como alvo.

Segundo o comunicado, implementar IA no chão de fábrica e integrá-la à automação e à rede é uma tarefa complexa, que exige conhecimento altamente especializado e produtos inovadores, como o Siemens Industrial Edge. O objetivo da cooperação entre o Google Cloud e a Siemens é tornar a implantação de IA em conexão com o Industrial Edge - e seu gerenciamento em escala - mais fácil, capacitando os funcionários enquanto trabalham no chão de fábrica, automatizando tarefas rotineiras e melhorando a qualidade geral.

A integração, disseram as empresas, deve tornar mais fácil para os fabricantes gerenciar os dados de fábrica, executar IA baseada em nuvem e modelos de aprendizado de máquina em cima deles e implantar algoritmos na extremidade da rede.

“O potencial da inteligência artificial para transformar radicalmente o chão de fábrica está longe de se esgotar. Muitos fabricantes ainda estão presos em ‘projetos-piloto’ de IA hoje - queremos mudar isso ”, disse Axel Lorenz, vice-presidente de controle da Factory Automation da Siemens Digital Industries. “Combinar a tecnologia AI / ML do Google Cloud com as soluções da Siemens para Industrial Edge e operação industrial será uma virada de jogo para a indústria de manufatura.”

Destaques
Destaques

TIM elege a nuvem e mira não ter mais datacenter em 2023

Ao assumir estar no meio de uma jornada para ser uma operadora 100% baseada em dados, a CIO da TIM Brasil, Auana Mattar, conta como é trabalhar com três provedores: Google, Microsoft e Oracle. Ao participar do SAS Telco Summit 2021, a executiva observou: é importante estudar as aplicações e como elas se comunicam antes de migrá-las para computação em nuvem.

Inteligência Artificial: Com estratégia certa, impacto de quatro pontos no PIB do Brasil até 2030

A inteligência artificial exige que se forme e qualifique profissionais no país, advertem especialistas. Para eles, a IA evoluiu e já passou da etapa de experimentação pra uso industrial. Para Fábio Cozman, da USP, a IA leva o país para a Sociedade 5.0, quando máquinas e seres humanos vão interagir de forma harmoniosa.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Como ter nuvem sem reescrever sistemas e adequada à LGPD

Por Marco Wenna*

Como auditar e reescrever linhas de código em tempo hábil para essas migrações para a nuvem a um custo factível para que todas as linhas de código estejam em conformidade com a Lei Geral de Proteção a Dado? Esse é um desafio presente.

Serviços SaaS, proteção de dados e a LGPD

Por Eder Miranda*

Ter um plano abrangente de proteção adicional de dados para as plataformas SaaS é vital para os negócios, uma vez que as empresas não podem abrir sem ter o controle sobre o que está sendo protegido e sobre a maneira como isso está sendo feito pelos fornecedores de software como serviço.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site