Clicky

Convergência Digital - Home

Teradata é 100% cloud e open source

Convergência Digital
Ana Paula Lobo - 10/05/2021

A Teradata está no Brasil há 40 anos e sempre foi uma empresa de hardware, mas há alguns anos, decidiu mudar o negócio: largou o hardware e se tornou uma companhia de software e computação em nuvem, aponta o diretor geral, Fabio Oliveira, em entrevista ao Convergência Digital.

Segundo ele, a nova Teradata é 100% cloud e open source. "Foi uma questão de sobrevivência. Precisamos trabalhar com o dado. É mandatório. A computação em nuvem é habilitadora dos negócios, mas se tem muito por fazer. Boa parte das empresas trata os dados como mercadoria e eles estão ocultos em silos nas unidades de negócios, mal gerenciados e inacessíveis para quem precisa", adiciona o executivo.

Oliveira diz que um dos pontos-chaves do uso da nuvem é a previsibilidade do custo. "Pagar pelo uso é muito bom, mas quando o taxímetro começa a correr, há muitas empresas que tomam susto. É preciso dimensionar bem o que ser usar na nuvem", observa o diretor da Teradata. Na prática, a companhia se posiciona como um orquestrador do ecossistema analítico. "Não tenho dúvida que os grandes data centers privados vão migrar para a nuvem. Será inevitável", afirma.

Os novos projetos são desenhados 100% na nuvem e o grande diferencial é a inovação. "Agora toda área tem a sua meta de uso na nuvem. Na verdade, o multicloud será o caminho", relata Oliveira. Os planos para o futuro são ambiciosos. A meta é crescer 30% ao ano, uma vez que a pandemia provou o benefício de usar os dados de forma eficiente. O segmento financeiro segue sendo o maior mercado, com 40%. Governo, aparece na segunda posição com 30%, e em seguida Telecomunicações e Varejo.

Mas para 2021, a meta é abrir frente nas pequenas e médias empresas, por meio de canais e parcerias. 'Vamos ter um ecossistema de parceria. Já temos cinco fechadas e queremos fechar com 10 até dezembro", conta o diretor geral da Teradata. Entre os parceiros de negócios estão as empresas SDC, Extreme Digital Solutions, vencedora do pregão da nuvem pública do governo federal, e Dataeas.

A abordagem de várias nuvens da Teradata permite que os clientes tirem proveito das cargas de trabalho em hiper escala. Independentemente de a carga de trabalho estar em vários ambientes de nuvem pública ou privada - AWS, Azure ou mais. Para abordar esse segmento, a Teradata está lançando o Vantage.

“O Teradata Vantage permite orquestrar dados para a integração de informação de plataformas de código aberto como Hadoop até o consumo desses dados por linguagens de script como R e Python, diretamente do nosso motor de base de dados, fornecendo o desempenho e a escalabilidade necessárias para análises de grandes volumes em crescimento exponencial”, completa o executivo.


Destaques
Destaques

TIM elege a nuvem e mira não ter mais datacenter em 2023

Ao assumir estar no meio de uma jornada para ser uma operadora 100% baseada em dados, a CIO da TIM Brasil, Auana Mattar, conta como é trabalhar com três provedores: Google, Microsoft e Oracle. Ao participar do SAS Telco Summit 2021, a executiva observou: é importante estudar as aplicações e como elas se comunicam antes de migrá-las para computação em nuvem.

Inteligência Artificial: Com estratégia certa, impacto de quatro pontos no PIB do Brasil até 2030

A inteligência artificial exige que se forme e qualifique profissionais no país, advertem especialistas. Para eles, a IA evoluiu e já passou da etapa de experimentação pra uso industrial. Para Fábio Cozman, da USP, a IA leva o país para a Sociedade 5.0, quando máquinas e seres humanos vão interagir de forma harmoniosa.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Como ter nuvem sem reescrever sistemas e adequada à LGPD

Por Marco Wenna*

Como auditar e reescrever linhas de código em tempo hábil para essas migrações para a nuvem a um custo factível para que todas as linhas de código estejam em conformidade com a Lei Geral de Proteção a Dado? Esse é um desafio presente.

Serviços SaaS, proteção de dados e a LGPD

Por Eder Miranda*

Ter um plano abrangente de proteção adicional de dados para as plataformas SaaS é vital para os negócios, uma vez que as empresas não podem abrir sem ter o controle sobre o que está sendo protegido e sobre a maneira como isso está sendo feito pelos fornecedores de software como serviço.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site